Wall Street segue volátil após vitória de Trump

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Nova Iorque, 09 nov (Lusa) - A bolsa de Nova Iorque viveu hoje um início de sessão volátil, após a vitória de Donald Trump nas presidenciais dos Estados Unidos.

Às 15:00 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones, que oscilou entre avanços e recuos nos primeiros minutos, registava uma subida moderada para 18.372,94 pontos, depois de nas negociações que antecederam a abertura do mercado ter chegado a recuar 4% com a confirmação do triunfo eleitoral de Trump.

O índice Nasdaq somava 0,06% para 5.196,38 pontos e o índice alargado S&P 500 avançava 0,13% para 2.142,40 pontos.

O setor sanitário registava uma forte subida de 2,66%, com o das matérias-primas a avançar 1,43% e o industrial a subir 0,54%. O setor financeiro avançava 0,44% enquanto as empresas de serviços públicos baixavam 2,27% e o setor da energia perdia 0,19%.

A farmacêutica Pfizer liderava os ganhos do Dow Jones subindo 8,20% enquanto a Caterpillar ganhava 7,52% e os títulos dos bancos JPMorgan avançavam 4,01% e os do Goldman Sachs 3,14 %.

Nas descidas, a Coca-Cola cedia 1,75%, a Apple caía 1,45% e a Disney 1,29%.

O petróleo do Texas baixava 0,42% e negociava a 44,80 dólares no mercado de Nova Iorque.

No mercado de divisas, o dólar ganhava terreno face ao euro, que seguia a 1,09 dólares.

EO// ATR

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Autoridades pró-russas anunciam vitória do “sim” à anexação em Zaporijia

As autoridades pró-Moscovo anunciaram, esta terça-feira, que os cidadãos da região ucraniana de Zaporijia, uma das quatro ocupadas pela Rússia, aprovaram a anexação à Federação Russa no referendo organizado pelo Kremlin e que decorreu nos últimos quatro dias.

Protestos no Irão continuam na 12ª noite consecutiva

Esta terça-feira os iranianos voltaram a sair às ruas em protesto contra a morte da jovem Mahsa Amini. O governo iraniano tem marcado uma posição firme contra os manifestantes mesmo com os vários apelos internacionais para terminar com o usa da força.

Ucrânia: Autoridades russas anunciam vitória ampla do "sim" em todos os referendos

As autoridades pró-Rússia nas regiões ucranianas de Zaporijia, Kherson e Lugansk reivindicaram esta terça-feira uma vitória do "sim" à anexação pela Rússia, estando ainda a aguardar-se pelos resultados da quarta região ucraniana ocupada pela Federação Russa.