Bolsas europeias afundam após vitória de Trump nas presidenciais dos EUA

Bolsas europeias afundam após vitória de Trump nas presidenciais dos EUA
| Economia
Porto Canal

As bolsas europeias abriram hoje em forte queda, após ter sido conhecido que o candidato do Partido Republicano, Donald Trump, venceu as eleições presidenciais nos Estados Unidos, de acordo com os primeiros resultados provisórios.

Ao contrário do que previam as sondagens, Trump derrotou a adversária democrata, Hillary Clinton, e será o 45.º Presidente da história norte-americana, sucedendo a Barack Obama.

Entre as principais praças europeias, Madrid arrancou a perder quase 4%, Milão 3%, Frankfurt 2,9% e Paris a cair 2,86%.

As bolsas asiáticas terminaram a sessão em queda, numa altura em que tinham sido apenas conhecidos os primeiros resultados, com Tóquio a afundar mais do 5% e Hong Kong 1,95%.

Também em Lisboa, o PSI20 arrancou as negociações em queda de 3,10% para os 4.420,50 pontos.

A Comissão Europeia divulga hoje as previsões económicas de outono, numa altura em que o executivo comunitário está a avaliar as propostas orçamentais dos países e as "ações efetivas" de Portugal e Espanha.

+ notícias: Economia

Costa convicto de que economia pode crescer acima do que estava previsto

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou esta quarta-feira que os indicadores da economia reforçam a convicção de que a economia portuguesa irá crescer mais do que aquilo que o Governo tinha inicialmente previsto.

Produção de eletricidade da EDP Renováveis aumentou 10% em 2022

A EDP Renováveis (EDPR) produziu 33,4 terawatts-hora (TWh) de eletricidade em 2022, um aumento de 10% face a 2021, destacando-se a Europa e a América, que representaram 35% e 55%, respetivamente, foi esta quarta-feira comunicado ao mercado.

Valor mediano de avaliação bancária na habitação aumentou 13,7% em 2022

A avaliação bancária de casas com pedidos de empréstimo para compra aumentou 13,7% em 2022 para 1.400 euros por metro quadrado (euros/m2), mais 227 euros/m2 que a mediana do ano anterior, anunciou esta sexta-feira o INE.