Info

Hong Kong: Pequim diz que democracia não é desculpa para "comportamentos ilegais"

| Mundo
Fonte: Agência Lusa

Pequim, 15 out (Lusa) -- A democracia deve basear-se no Estado de Direito e não pode ser desculpa para "comportamentos ilegais", lê-se hoje num comentário publicado no Diário do Povo, jornal do órgão central do Partido Comunista chinês, em referência aos protestos em Hong Kong.

O comentário assinala o firme apoio de Pequim ao Governo de Hong Kong e ao seu chefe do Executivo, CY Leung, reiterando que os protestos "estão condenados ao fracasso".

"A estabilidade é boa, o caos é um desastre", adverte-se no meso artigo, em que se insiste que "os diferentes pedidos sobre o desenvolvimento democrático de Hong Kong podem ser manifestados através de formas legais".

O Diário do Povo atribui os protestos "a um grupo reduzido" entre a população de Hong Kong, superior a sete milhões de habitantes.

"A democracia deve basear-se na lei, não na ditadura de uma minoria, e muito menos numa desculpa para um grupo diminuto", frisa.

O artigo acrescenta que os protestos, que cumprem hoje o 18.º dia, são "ilegais" e incluíram a invenção de "acusações e rumores" contra CY Leung e o seu Governo.

"A história recorda que os atos radicais e ilegais que vieram com eles apenas resultaram em mais atividades ilegais, exacerbando a desordem e o caos", refere o artigo no Diário do Povo, citado pela agência Efe.

DM // DM.

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas garantiu que "até ao momento não houve nenhum português que comunicou pedido de ajuda em relação ao Vulcão nas Canárias"

 

A Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, falou, na manhã desta segunda-feira, ao Porto Canal e, disse que "até ao momento nenhum Português comunicou pedido de ajuda em relação à erupção vulcânica nas Canárias". A Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, acrescentou ainda que "existem oito portugueses nos três municípios afetados pela erupção vulcânica".

Pfizer diz que tem vacina eficaz contra a Covid-19 em crianças dos 5 aos 11 anos

A Pfizer revelou hoje que a sua vacina contra a covid-19 é eficaz em crianças dos 5 aos 11 anos e vai requerer autorização nos Estados Unidos para este grupo em breve, um avanço na vacinação de crianças.

Médicos de medicina geral e familiar portugueses vão formar colegas em Cabo Verde

Praia, 23 set 2021 (Lusa) -- Os médicos portugueses especialistas em medicina geral e familiar, vinculados no Serviço Nacional de Saúde (SNS), vão poder ser dispensados para dar formação aos colegas cabo-verdianos, conforme adenda de um protocolo hoje assinado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.