Antigo Matadouro de Campanhã já tem novo nome

Antigo Matadouro de Campanhã já tem novo nome
Emerge
| Porto
Pedro Benjamim

O antigo Matadouro Industrial de Campanhã, que está a ser reconvertido para dar corpo a um centro empresarial e cultural, já tem nome escolhido. A informação foi divulgada através do ‘website’ do projeto.

O antigo Matadouro de Campanhã vai chamar-se M-ODU. De acordo com a brochura disponibilizada haverá 11 edifícios destinados a escritórios, com uma capacidade total para 2347 pessoas.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 

Uma publicação partilhada por Porto Canal (@porto.canal)

O edifício mais pequeno terá capacidade para 57 trabalhadores, enquanto aquele que terá a maior capacidade poderá albergar 414 pessoas. Essa será a estrutura que ficará na margem com o Mercado Abastecedor, e de onde nascerá o novo viaduto sobre a VCI até à estação de Metro Estádio do Dragão. O edifício será composto pelo rés-do-chão até ao quarto andar.

Haverá também dois edifícios destinados ao setor da alimentação, a infraestrutura que será entregue ao município para fins culturais, bem como a 4ª esquadra da PSP.

Porto Canal

O projeto consiste num edifício para acolher empresas, mas também reservas de arte, museus, auditórios, restauração e projetos de coesão social. Dos cerca de 26 mil metros quadrados, a reconversão prevê a utilização de cerca de 20.500 metros quadrados. Destes, 12.500 metros destinam-se a espaço empresarial, a ser explorados pela Mota-Engil, e o restante a espaços a serem explorados pelo município.

“Da área total, 60% será para negócios e vamos reservar 40% para nós. O que queremos fazer ali? Em primeiro lugar, arte pública, a Galeria Municipal”, explicava Rui Moreira, em junho de 2022.

O investimento de mais de 40 milhões de euros será integralmente assegurado pela Mota-Engil e no final dos 30 anos da concessão, o equipamento regressa à esfera municipal.

O M-ODU deverá estar concluído no início de 2025. Em março de 2023 era anunciada a nova data de conclusão devido à complexidade da obra e o envolvimento de várias entidades públicas que exigiram adaptações ao programa. Após consulta das Infraestruturas de Portugal, a cobertura do novo centro empresarial e cultural de Campanhã teve que ser alterada, para não interferir com o normal funcionamento da VCI.

Já em setembro de 2023, era anunciado que o edifício onde atualmente está a 4ª esquadra da PSP será demolido.

+ notícias: Porto

Campo 24 de Agosto vai ganhar bacia de retenção para acabar com inundações frequentes

Quem mora na zona do Campo 24 de Agosto, no Porto, já se habituou a que “chuva” e “inundações” andem de mãos dadas. O incidente acontece mais vezes do que o desejado e o problema assenta na dimensão das estruturas de drenagem. Por isso, o município está a “desenvolver um projeto que visa aumentar a resiliência da bacia hidrográfica do Poço das Patas face aos efeitos das alterações climáticas”.

Obras do Metrobus provocam novos constrangimentos na Avenida da Boavista na próxima semana

A obra de construção do ‘metrobus’ no Porto vai obrigar a constrangimentos noturnos na Avenida da Boavista na próxima semana, para trabalhos de fresagem, pavimentação do piso e colocação de sinalização horizontal, foi esta quinta-feira anunciado.

Elevador da Lada no Porto reabre na próxima semana após reabilitação

O Elevador da Lada, no Porto, que liga a Ribeira à Sé, vai reabrir ao público na próxima segunda-feira, após ter sido alvo de uma "reabilitação estrutural completa", informou esta quinta-feira a STCP Serviços, gerente da infraestrutura.