Ponte Luiz I anti-sísmica? Obras preparam infraestrutura para resistir a sismos

Ponte Luiz I anti-sísmica? Obras preparam infraestrutura para resistir a sismos
| Porto
Porto Canal

Subiu para mais de 4 milhões de euros o custo da requalificação do tabuleiro inferior da Ponte Luiz I, entre Porto e Gaia. Tanto o atraso de meio ano, a obra está prevista ficar pronta a 31 de março, como o aumento de 29% face à despesa inicial justificam-se com o número de chapas em elevado estado de degradação. O imprevisto obrigou a comprar mais material e os preços subiram por causa da guerra na Ucrânia, atrasando as chegada das encomendas. Para a empreitada, são precisas 263 toneladas de aço, sendo que 79 serão só para o tabuleiro e 184 para peças.

A requalificação vai permitir duplicar a capacidade de carga rodoviária da travessia, mas não é o único fator positivo. A ponte estará finalmente preparada para sismos e ganha essa capacidade com a instalação de "uma espécie de mola" que "repõe a posição original" da travessia em caso de deslocação durante um tremor de terra de grande intensidade.

"São alterações de milímetros ou centímetros, em que a ponte pode ter de se deslocar no caso de um sismo de grande intensidade. A 'mola' amortece esse movimento, impede uma deslocação exagerada da ponte e recoloca-a na posição original", explica ao Jornal de Notícias Pedro Carvalho, diretor do centro operacional da Infraestruturas de Portugal (IP) no Grande Porto. Sobre os imprevistos, o engenheiro clarifica ainda que "houve necessidade de fazer reforços adicionais que não estavam previstos porque a solução de reabilitação passa por adicionar chapa à existente". Acrescenta que "neste tipo de obras, é normal encontrar sempre algumas situações não previstas".

A obra está prevista terminar no final de março de 2023 e a decisão de a travessia servir o elétrico cabe aos dois municípios. Esta requalificação servirá, para já, apenas o trânsito automóvel mas as câmaras do Porto e de Gaia já admitiram a intenção de tornar o tabuleiro pedonal.

+ notícias: Porto

Incêndio em colégio no Porto já está extinto

O incêndio que deflagrou ao início da tarde de deste domingo no Colégio Flori, no Porto, "já está extinto" e em fase de rescaldo e ventilação, adiantaram ao Porto Canal as autoridades.

Last Folio: as duras memórias do Holocausto 

O Museu e Igreja da Misericórdia do Porto acolhem a exposição internacional LAST FOLIO acompanhada por um documentário, que mostra as memórias do Holocausto. A exposição do fotógrafo Yuri Dojc e da cineasta Katya Krausova, pode ser visitada até novembro.

Nova Linha do Metro do Porto avança. Veja aqui as primeiras imagens 

As obras da nova Linha do Metro do Porto, Linha Rosa (G), que assegurará a ligação entre São Bento e a Rotunda da Boavista já avançaram. Esta extensão terá 3 km e 4 estações subterrâneas (duas adjacentes às já existentes São Bento e Casa da Música).