Cristas diz que é preciso aguardar ação de Trump e aponta falha das sondagens

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 09 nov (Lusa) - A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, defendeu hoje que é preciso aguardar a ação do novo Presidente, considerando que Portugal e os Estados Unidos continuarão a relacionar-se e sublinhando a necessidade de uma reflexão sobre as sondagens.

"O que muda teremos oportunidade de ver na ação do novo Presidente. Penso que hoje é o dia de respeitar a decisão que foi tomada pelo povo americano, em liberdade e em democracia, e saudar os resultados. Em democracia, os resultados têm sempre de ser respeitados", afirmou Assunção Cristas aos jornalistas.

Antes de uma reunião com a CGTP-IN, na sede da central sindical, em Lisboa, a líder centrista afirmou que "Portugal e os Estados Unidos certamente continuarão a relacionar-se enquanto estados autónomos e independentes e democracias maduras, que têm áreas e convergências de interesse, como todos as questões que têm a ver com o Atlântico".

"Há um aspeto que é importante realçar, que nos levou a todos a alguma surpresa, que é o aspeto das sondagens. Nós vimos estas semanas todas, múltiplas sondagens dizer que Hillary Clinton ia vencer, não foi o que aconteceu. Em matéria do 'Brexit', na véspera, apesar de mais renhidas, apontavam também para um resultado que não se verificou", sustentou.

"No CDS já estamos habituados a dar pouca importância às sondagens, mas a verdade é que elas influenciam o voto das pessoas", declarou.

ACL // SMA

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Primeiro-ministro em Cabo Verde na primeira visita fora da Europa

O primeiro-ministro inicia, este sábado, uma visita a Cabo Verde, a primeira fora da Europa, tendo prevista a assinatura de um memorando de entendimento com o seu homólogo cabo-verdiano para criar uma linha especial de microcrédito para empreendedores.

PSD: Montenegro eleito novo presidente com 73% dos votos

O social-democrata Luís Montenegro foi hoje eleito 19.º presidente do PSD com 73% dos votos, vencendo as eleições diretas a Jorge Moreira de Silva, que alcançou apenas 27%, segundo os resultados provisórios anunciados pelo partido.

Governo e PS reúnem-se em breve sobre medidas de crescimento económico

Lisboa, 06 mai (Lusa) - O porta-voz do PS afirmou hoje que haverá em breve uma reunião com o Governo sobre medidas para o crescimento, mas frisou desde já que os socialistas votarão contra o novo "imposto sobre os pensionistas".