Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

MP leva a julgamento nove arguidos no surto de 'legionella' em Vila Franca de Xira

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 15 mar (lusa) -- O Ministério Público decidiu levar a julgamento sete pessoas e duas empresas no caso do surto da 'legionella' no concelho de Vila Franca de Xira em 2014,anunciou hoje a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

Segundo a PGDL, os sete arguidos são acusados dos crimes de infração de regras de construção (conservação) e ofensas à integridade física por negligência e as duas sociedades pelos crimes de infração de regras de construção.

As sociedades em causa são uma fábrica de adubos em Alverca do Ribatejo e a empresa responsável pelo tratamento da água existente nos circuitos de arrefecimento utilizados pela primeira, que incluem torres de arrefecimento.

A PGDL adianta que foi arquivado parcialmente o inquérito quanto à eventual verificação de um crime de poluição, por não se mostrarem preenchidos alguns dos respetivos elementos típicos.

CMP/GC // HB

Lusa/fim

+ notícias: País

Pedrógrão Grande: uma vida depois dos incêndios

Quase um ano depois dos incêndios em Pedrogão Grande, continua o processo de reconstrução das casas destruídas pelo fogo. Até Julho, as 155 casas de primeira habitação que ainda estão em obras deverão ficar prontas.

Continente e Madeira com risco 'muito elevado' de exposição à radiação UV

Quase todas as regiões de Portugal continental e o arquipélago da Madeira apresentam esta quarta-feira um risco ‘muito elevado’ de exposição à radiação ultravioleta (UV), segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Trabalhadores da Soares da Costa voltam a protestar condições laborais

Dezenas de trabalhadores da Soares da Costa manifestaram-se esta quarta-feira de manhã contestando de novo o que consideram ser a degradação das condições laborais. A concentração contou com a presença do secretario geral da CGTP.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS