Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

MP leva a julgamento nove arguidos no surto de 'legionella' em Vila Franca de Xira

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 15 mar (lusa) -- O Ministério Público decidiu levar a julgamento sete pessoas e duas empresas no caso do surto da 'legionella' no concelho de Vila Franca de Xira em 2014,anunciou hoje a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

Segundo a PGDL, os sete arguidos são acusados dos crimes de infração de regras de construção (conservação) e ofensas à integridade física por negligência e as duas sociedades pelos crimes de infração de regras de construção.

As sociedades em causa são uma fábrica de adubos em Alverca do Ribatejo e a empresa responsável pelo tratamento da água existente nos circuitos de arrefecimento utilizados pela primeira, que incluem torres de arrefecimento.

A PGDL adianta que foi arquivado parcialmente o inquérito quanto à eventual verificação de um crime de poluição, por não se mostrarem preenchidos alguns dos respetivos elementos típicos.

CMP/GC // HB

Lusa/fim

+ notícias: País

Dezenas de camiões-cisterna transportam água da barragem da Agueira para a de Fagilde

Pelo menos 45 camiões-cisterna transportaram milhares de litros de água, na manhã deste domingo, para reforçar o abastecimento de água em Viseu, visto que este distrito é o mais afetado pela maior seca dos últimos anos em Portugal.

Governo aumenta para quase cem camiões-cisterna ajuda à região de Viseu

O Governo vai enviar mais 45 camiões-cisterna diariamente para descarregar água bruta na Albufeira de Fagilde, somando-se aos 51 já existentes, para enfrentar a seca que atinge quatro concelhos do distrito de Viseu, anunciou hoje o ministro do Ambiente.

Milhares na manifestação da CGTP pela valorização do trabalho e das pessoas

Milhares de pessoas de todo o país participam hoje em Lisboa numa manifestação promovida pela CGTP em defesa da valorização do trabalho e dos trabalhadores.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS