Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Direção-Geral da Saúde confirma dois casos de legionella na empresa Sakthi, Maia

| Norte
Porto Canal (AYR)

A Direção-Geral da Saúde confirma, esta terça-feira, em comunicado, que desde novembro de 2016 que já existem dois casos de legionella em trabalhadores da empresa Sakthi, na Maia.

Segundo o comunicado, “foi realizado o estudo ambiental na Empresa, que incluiu a colheita de água em vários locais, destinada à pesquisa de bactérias do género legionella”, do qual se confirmou a presença de colonização das bactérias.

“Para além dos dois casos de doença referidos em trabalhadores da Empresa, foram identificados mais seis outros casos de doença dos legionários e que, de acordo com os inquéritos epidemiológicos realizados não podem, ainda, ser associados à mesma fonte”, informa a Direção-Geral de Saúde (DGS).

A DGS afirma que já estão a ser tomadas todas as medidas de precaução e que os residentes da Maia não necessitam de adotar “medidas específicas e adicionais”.

+ notícias: Norte

Circulação do metro do Porto pode parar na semana académica se greve da EMEF continuar

Os trabalhadores da empresa de manutenção de equipamento ferroviário estão a fazer uma greve diária de três horas por turno, o que tem provocado vários constrangimentos na circulação do metro do Porto. Segundo o sindicato, a adesão ronda os 90% e a circulação do metro pode mesmo parar durante a semana académica.

Ponte da Barca faz abaixo-assinado para exigir um conservador no concelho

A população de Ponte da Barca está recolher assinaturas para exigir um conservador no concelho. Desde julho que não há ninguém com estas funções na Loja do Cidadão e por isso a população tem de fazer 20 km para obter os documentos necessários.

Encontrado cadáver mumificado na Maia

Um cadáver em estado de mumificação foi esta quarta-feira encontrado em Águas Santas, concelho da Maia, indicaram fontes ligadas à Proteção Civil.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS