Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Direção-Geral da Saúde confirma dois casos de legionella na empresa Sakthi, Maia

| Norte
Porto Canal (AYR)

A Direção-Geral da Saúde confirma, esta terça-feira, em comunicado, que desde novembro de 2016 que já existem dois casos de legionella em trabalhadores da empresa Sakthi, na Maia.

Segundo o comunicado, “foi realizado o estudo ambiental na Empresa, que incluiu a colheita de água em vários locais, destinada à pesquisa de bactérias do género legionella”, do qual se confirmou a presença de colonização das bactérias.

“Para além dos dois casos de doença referidos em trabalhadores da Empresa, foram identificados mais seis outros casos de doença dos legionários e que, de acordo com os inquéritos epidemiológicos realizados não podem, ainda, ser associados à mesma fonte”, informa a Direção-Geral de Saúde (DGS).

A DGS afirma que já estão a ser tomadas todas as medidas de precaução e que os residentes da Maia não necessitam de adotar “medidas específicas e adicionais”.

+ notícias: Norte

Assalto a bomba de gasolina em Famalicão termina com tiroteio em Leça do Balio

Dois homens, com 22 e 23 anos, foram baleados, um na coxa outro na zona lombar, pela Polícia Judiciária na madrugada deste sábado, depois de uma perseguição policial que teve início numa tentativa de assalto numa bomba de gasolina em Famalicão e terminou em Leça do Balio, avança o Jornal de Notícias.

Escolas e Hospital foram os mais afetados pela greve em Chaves

Em Chaves, os funcionários públicos aderiram em massa à greve. Pais foram obrigados a ir buscar os filhos à escola e no hospital vários utentes viram as consultas serem desmarcadas.

Greve da Função Pública com fraca adesão em Vila Real

Vila Real são poucos os sinais da greve da funcao pública. A maioria dos serviços está a funcionar com normalidade. Centros de Saúde e Hospital com números muito baixos de adesão e apenas uma escola foi encerrada.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS