Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Confirmado terceiro caso de "doença dos legionários" na Maia

Confirmado terceiro caso de "doença dos legionários" na Maia
| Norte
Porto Canal com Lusa

Um novo caso de "doença dos legionários" no concelho da Maia foi hoje notificado pelas autoridades de saúde, subindo para três o número de confirmações de pessoas infetadas com a bactéria 'Legionella', anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Este terceiro caso, notificado através do Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica (SINAVE), refere-se a um doente que se encontra internado no Centro Hospitalar de São João, no Porto, com "estado clínico considerado estável".

A DGS adianta que se mantém o nível de alerta, "uma vez que coincide com o último dia do período de incubação correspondente à desinfeção das torres (de arrefecimento de ar-condicionado) suspeitas".

A autoridade de saúde reitera que "a população residente no concelho da Maia não precisa de tomar cuidados adicionais" e acrescenta que "os trabalhos conduzidos pela Inspeção-Geral do Ambiente (IGAMAOT) confirmam que a unidade fabril está em condições de continuar a laboração".

Isto porque "os trabalhos de desinfeção entretanto concluídos revelaram amostras sem contaminação, segundo o Instituto Ricardo Jorge", segundo o comunicado da DGS.

+ notícias: Norte

ARS está a acompanhar surto de papeira na Faculdade de Engenharia do Porto

A Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) divulgou hoje que está em fase de investigação e tratamento um surto de parotidite epidémica (papeira) na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

Acidente entre um camião e um carro provoca oito feridos em Gondomar. Três são graves

Um acidente entre um camião e um veículo ligeiro na estrada D. Miguel, em Gondomar, provocou esta segunda-feira oito feridos, sendo três crianças em estado grave e cinco ligeiros, avança fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto ao Porto Canal.

Casal de Ílhavo está em risco de ficar sem casa por dívida ao banco

Uma família em Ílhavo está prestes a ser despejada de casa. O casal está desempregado e deixou de pagar a prestação ao banco há três anos, tendo um orçamento mensal de 300 euros. O casal e garante ja ter pedido ajuda à autarquia mas até agora sem sucesso.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

Imperdíveis

Casa Ermelinda Freitas em Águas...