Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Ministério do Ambiente garante que não há bactéria legionella em empresa da Maia

Ministério do Ambiente garante que não há bactéria legionella em empresa da Maia
| Norte
Porto Canal com Lusa

O Mistério do Ambiente revelou hoje que análises realizadas pela Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território revelaram inexistência da bactéria legionella pneumophila na empresa Sakthi, localizada na Maia.

Em comunicado o gabinete liderado por Matos Fernandes refere que foi realizada no local uma inspeção extraordinária na última segunda-feira, tendo sido recolhidas amostras de água das torres de refrigeração e do tanque de arrefecimento e que os resultados analíticos conhecidos hoje "revelaram a ausência de Legionella pneumophila em todas as amostras recolhidas".

"[Confirma-se] que a empresa se encontra a dar cumprimento ao plano de manutenção das instalações. Não se verifica, assim, qualquer risco decorrente destas, e, por essa razão, não se justifica a adoção de quaisquer medidas subsequentes", lê-se na nota do Ministério do Ambiente.

Um novo caso de "doença dos legionários" no concelho da Maia foi hoje notificado pelas autoridades de saúde, subindo para três o número de confirmações de pessoas infetadas com a bactéria 'Legionella', anunciou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

+ notícias: Norte

Jovem de 19 anos morre após despiste contra uma árvore em Chaves

Um jovem de 19 anos morreu hoje em resultado de um despiste contra uma árvore, numa estrada municipal entre as aldeias de Rebordondo e Rebordelo, no concelho de Chaves, distrito de Vila Real, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

Lítio de Montalegre coloca empresas em 'rota de colisão'

Em Montalegre há uma 'guerra' entre empresas por causa do lítio. A Luso Recursos, que detém o contrato de prospecção deste minério, já enviou para a Direcção Geral de Energia e Geologia o pedido de exploração definitiva da concessão. Recorde-se que a empresa de Braga enfrenta em tribunal os australianos, antigos parceiros no projeto.

Pais pedem medidas urgentes depois de imagens de comida mal confecionada em escola da Maia

Há mais um caso a alimentar a polémica da má qualidade das refeições servidas nas cantinas escolares. Desta vez, foi na Maia onde terá sido servido frango crú aos alunos. Os pais há muito que se queixam da qualidade e quantidade das refeições das cantinas escolares e, por isso, exigem medidas urgentes.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS