Porto entre as dez "melhores cidades do mundo" em 2024 

Porto entre as dez "melhores cidades do mundo" em 2024 
| Porto
Porto Canal

O Porto ocupa a 10.ª posição entre as 50 melhores cidades do mundo para 2024. O ranking da Time Out Global aponta as singularidades da capital do Norte que fazem dela um dos destinos mais procurados do planeta. 

A Invicta suplanta cidades como Paris, São Paulo, Los Angeles ou Amesterdão, sendo que “98 por cento dos locais consideram a sua cidade bonita e 82% romântica, mas a ideia a que não resistiram mesmo foi a do Porto ser uma cidade onde o copo está sempre cheio”.

"A excelência do Vinho do Porto é um dos aspetos destacados pela publicação internacional, não deixando de sublinhar que 98 por cento dos locais consideram a sua cidade bonita e 82% romântica. A riqueza da azulejaria é apontada também como uma das razões fortes para se gostar tanto da cidade, eleita, em 2022, o Melhor Destino de Cidade do Mundo", destaca a autarquia. 

Contudo, a vasta oferta vínica, seja em restaurantes, bares ou até museus é o aspeto mais frisado para a sua classificação. Porto é, assim, uma cidade onde o copo está sempre cheio. Há hotéis vínicos de renome como o The Yeatman, o The Lodge ou o Wine & Books; wine bars para brindar e petiscar, como o Genuíno, o A Certain Café ou o Tia Tia; há também a destacar as célebres caves para delícia dos turistas, caso das da Sandeman, Cockburn's ou Cálem, em Gaia e ainda um género de Disneyland do vinho o World of Wine.

No top das 50 cidades pelo mundo, o Porto fica só atrás de Nova Iorque, que lidera a lista e das que se lhe seguem: Cidade do Cabo, Berlim, Londres, Madrid, Cidade do México, Liverpool, Tóquio e Roma. Lisboa, por seu lado, ocupa o 13.º posto da lista.

A Time Out Global destaca na capital a sua luz, as colinas com as vistas para o Tejo, as esplanadas para desfrutar do sol, as praias a meia hora.

Recorde-se que está prevista para este ano a abertura do Time Out Market Porto na Estação de São Bento, aspeto igualmente destacado na publicação internacional.

+ notícias: Porto

O antigo quarteirão da Casa Forte mudou com o Porto

O antigo quarteirão da Casa Forte, no coração do Porto, ganhou o nome da loja da esquina voltada ao Mercado do Bolhão. A emblemática empresa da cidade viria a encerrar em 2004, paradoxalmente o ano da criação da Porto Vivo, Sociedade de Reabilitação Urbana, que lançou as bases da nova vida do quarteirão. Entre projetos, demolições e mudança de promotores imobiliários, só ao fim de quase 20 anos é que o espaço da cidade vai voltar a receber moradores. Numa viagem pela história, que resposta dá à cidade o novo Quarteirão da extinta Casa Forte?

“A ‘cidade-negócio’ vai-se descaracterizando completamente perdendo interesse até para turistas”

A histórica Mercearia do Bolhão, aberta no Porto desde 1880, vai encerrar portas a 30 de abril para dar lugar a uma loja da multinacional Ale-Hop, como avançou o Porto Canal na manhã desta sexta-feira. À esquerda, os vereadores da oposição da Câmara do Porto lamentam que a cidade se vá ‘descaracterizando’.

Neonia: o novo museu interativo e néon que ilumina a história do Porto

Sabia que em 1917, dois acrobatas subiram à Torre dos Clérigos sem qualquer equipamento de proteção para promover uma marca de bolachas? Apesar de já ter passado mais de um século, este é um entre os tantos acontecimentos lembrados no novo museu que abriu portas este sábado no coração do Porto. “O Neonia é uma pura homenagem à cidade”, sublinha um dos responsáveis.