Duas propostas portuguesas disputam construção da Linha Rubi do Metro do Porto

Duas propostas portuguesas disputam construção da Linha Rubi do Metro do Porto
Metro do Porto
| Porto
Porto Canal

Esta quinta-feira chegou ao fim a entrega das propostas para a construção da linha Rubi da Metro do Porto, que vai ligar a Casa da Música a Santo Ouvídio, em Vila Nova de Gaia.

Segundo um comunicado divulgado pela Metro do Porto, as propostas foram apresentadas pelo consórcio formado pelas empresas ALBERTO COUTO ALVES, S. A., FCC CONSTRUCCIÓN, S.A. e CONTRATAS Y VENTAS, S.A.U. e pelo consórcio CASAIS - Engenharia e Construção, S.A., CONDURIL-ENGENHARIA, SA,TEIXEIRA DUARTE - Engenharia e Construções, S.A., ALVES RIBEIRO, S.A., SOMAFEL - Engenharia e Obras Ferroviárias, S.A.

A linha Rubi ligará a Casa da Música, no Porto, a Santo Ovídio, em Gaia, inclui a construção de uma nova ponte sobre o rio Douro, a ponte D. Antónia Ferreira, e terá um custo total de 435 milhões de euros, dos quais 299 milhões têm financiamento garantido pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), e a sua construção terá de estar finalizada até meio de 2026.

Agora, o júri do concurso irá iniciar o trabalho de análise destas duas propostas para poder apresentar ao Conselho de Administração da Metro do Porto, SA o respetivo relatório de avaliação e uma proposta de adjudicação da obra.
A empresa espera que as obras fiquem concluídas em 2026 e que arranquem ainda este ano.

+ notícias: Porto

Trânsito no Porto. Confira os locais a evitar esta segunda-feira

O trânsito ao final da tarde desta segunda-feira faz-se sentir principalmente no acesso à cidade do Porto pela Avenida AEP.

Incêndio em colégio no Porto já está extinto

O incêndio que deflagrou ao início da tarde de deste domingo no Colégio Flori, no Porto, "já está extinto" e em fase de rescaldo e ventilação, adiantaram ao Porto Canal as autoridades.

Last Folio: as duras memórias do Holocausto 

O Museu e Igreja da Misericórdia do Porto acolhem a exposição internacional LAST FOLIO acompanhada por um documentário, que mostra as memórias do Holocausto. A exposição do fotógrafo Yuri Dojc e da cineasta Katya Krausova, pode ser visitada até novembro.