Navio que incendiou chega esta terça-feira ao porto de Leixões

Navio que incendiou chega esta terça-feira ao porto de Leixões
| Porto
Porto Canal / Agências

O navio-tanque Greta K, que se incendiou ao largo do Porto no dia 21, vai dar entrada na tarde de esta terça-feira no porto de Leixões, em Matosinhos, disse à Lusa fonte da administração portuária.

De acordo com fonte oficial da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), a embarcação dará entrada em Leixões através do terminal de cruzeiros.

A APDL afirma ainda que está a "reunir todos os esforços para o sucesso da operação".

No sábado passsado, o navio-tanque Greta K foi deslocado para águas internacionais, onde estava previsto permanecer durante três dias, disse à Lusa o comandante da Capitania do Douro e Leixões.

Segundo Silva Rocha, a embarcação foi estacionada a “cerca de 12 milhas do porto de Leixões, o correspondente a entre 16 e 17 quilómetros, com dois rebocadores portuários que o mantêm à espera de um rebocador oceânico contratado pelo armador”.

Para além de ter “maior capacidade”, chega com uma equipa que “faz a recuperação de situações muito difíceis”, acrescentou.

“O que se pretende fazer nos próximos três dias, fora das águas territoriais, é repor algumas das capacidades do navio, nomeadamente de bombagem, para depois ou em Leixões ou em Sines, ser feita a descarga da carga”, precisou então o capitão da Marinha.

Silva Rocha tinha assegurado que a embarcação só iria para o porto se estivessem "reunidas todas as capacidades de segurança e de bombagem para poder fazer a trasfega do combustível para o terminal ao lado do porto de Leixões”.

Segundo a Marinha Portuguesa, o alerta para o incêndio no navio-tanque Greta K, com bandeira de Malta, que se encontrava a navegar a cerca de uma milha e meia de costa, cerca de três quilómetros, junto à praia dos Ingleses, na Foz do Douro, foi dado cerca das 15h30, do dia 21, para o “Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo (MRCC) de Lisboa, da Marinha”.

O navio tinha 19 tripulantes a bordo, todos de nacionalidade filipina, tendo 16 sido retirados nos últimos dias. A embarcação transporta “gasóleo e combustível destinado a aviões (jet fuel)”.

+ notícias: Porto

Alojamento é dificuldade cada vez maior para estudantes sem bolsa no Porto

O custo do alojamento continua a ser a maior dificuldade para os estudantes universitários em Lisboa e no Porto, e para as famílias de classe média sem acesso à bolsa, alertam federações académicas.

Na semana em que os combustíveis estão em modo 'sobe' e 'desce', onde é mais barato atestar no Grande Porto?

A próxima semana começa com ligeiras alterações nos preços dos combustíveis.

O tempo no Grande Porto vai mudar? Saiba com o que contar na primeira semana de março

Segundo a previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), prevê-se, a partir desta segunda-feira, períodos de chuva, céu muito nublado, queda de neve nas terras altas, acima dos 1000/1200 metros e uma pequena subida da temperatura, em particular a mínima no interior Norte.