Governo declara TAP, Portugália e Cateringpor em situação económica difícil

Governo declara TAP, Portugália e Cateringpor em situação económica difícil
| Economia
Porto Canal com Lusa

O Conselho de Ministros aprovou hoje uma resolução que declara a TAP, a Portugália e a Cateringpor, a empresa de 'catering' do grupo TAP, em "situação económica difícil", lê-se no comunicado, hoje divulgado.

"A estas empresas são, assim, atribuídos os efeitos previstos na legislação, nomeadamente a alteração de condições de trabalho e a não aplicação ou a suspensão, total ou parcial, das cláusulas dos acordos de empresa ou dos instrumentos de regulamentação coletiva aplicáveis, com estabelecimento do respetivo regime sucedâneo", adiantou o Governo.

O plano de reestruturação da TAP, entregue em Bruxelas este mês prevê a suspensão dos acordos de empresa, medida sem a qual, segundo o ministro das Infraestruturas Pedro Nuno Santos, não seria possível fazer a reestruturação da TAP.

"Para podermos suspender os acordos de empresa é necessário que o Conselho de Ministros declare a empresa em situação económica difícil", explicou, apontando que este é, aliás, um regime ao abrigo do qual a TAP já tinha estado no passado, em 1977.

O plano de reestruturação da TAP à Comissão Europeia, entregue à Comissão Europeia, prevê o despedimento de 500 pilotos, 750 tripulantes de cabine, 450 trabalhadores da manutenção e engenharia e 250 das restantes áreas.

O plano prevê, ainda, a redução de 25% da massa salarial do grupo e do número de aviões que compõem a frota da companhia, de 108 para 88 aviões.

+ notícias: Economia

Alterações climáticas: Norte da Europa vive confortavelmente à custa da agricultura intensiva portuguesa

No norte da Europa consomem-se produtos hortofrutícolas à custa da agricultura intensiva praticada em Portugal, com recurso à exaustão de água e dos solos, em aparente contradição com o discurso de adaptação às alterações climáticas.

Gasolina vendida 1,8 cêntimos e gasóleo 2,2 cêntimos acima da referência

A média dos preços nas gasolineiras ficou, na semana entre 08 e 14 de agosto, no caso da gasolina, 1,8 cêntimos e no gasóleo 2,2 cêntimos acima do preço médio semanal determinado pela ERSE, segundo a entidade.

Lisboa, Funchal e Porto registam crescimento de dormidas em junho face a 2019

Lisboa, Funchal e Porto registaram crescimento de dormidas em junho face a 2019, sendo "mais expressivos nos residentes", de acordo com dados da atividade turística hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).