Covid-19: Madeira regista três novos casos e contabiliza 73 infeções ativas

| País
Porto Canal com Lusa

Funchal, Madeira, 06 out 2020 (Lusa) - A Madeira assinalou hoje três novos casos de covid-19, dois recuperados e 15 situações suspeitas, indicou o Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE), referindo que o arquipélago regista agora um total de 73 infeções ativas.

"Hoje há três novos casos positivos a reportar, pelo que a região passa a contabilizar 247 casos confirmados de covid-19 no território regional", esclarece a entidade em comunicado, sublinhando que os novos casos são importados, dois provenientes do Reino Unido e um da Colômbia.

O IASAÚDE adianta que o arquipélago regista agora um total de 174 casos recuperados e 73 ativos, dos quais 64 são casos importados identificados no contexto das atividades de vigilância no Aeroporto da Madeira e nove de transmissão local.

"Relativamente ao isolamento dos casos positivos, 41 pessoas cumprem isolamento numa unidade hoteleira dedicada, 31 em alojamento próprio e um doente encontra-se em internado na Unidade Polivalente dedicada à covid-19 no Hospital [Central do Funchal] Dr. Nélio Mendonça.

À data, 15.747 pessoas estão a ser acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da região, com recurso à aplicação 'MadeiraSafe', 7.609 das quais estão em vigilância ativa.

Há ainda a reportar 15 novas situações que se encontram em estudo, todas identificadas no aeroporto da Madeira.

No contexto da operação de rastreio de viajantes nos portos e aeroportos da Madeira e do Porto Santo, há a reportar um total cumulativo de 75.802 colheitas para teste ao novo coronavírus realizadas até às 17:00 de hoje.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e quarenta e cinco mil mortos e mais de 35,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.032 pessoas dos 80.312 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

DC // MCL

Lusa/Fim

+ notícias: País

Já são conhecidas as medidas de coação no caso de tráfico humano no Alentejo

O juiz Carlos Alexandre determinou que 23 dos arguidos, todos eles estrangeiros, ficam em prisão preventiva, outros oito que também ficaram com essa medida têm a possibilidade de passar a ter pulseira eletrónica em prisão domiciliária. Quatro portugueses saem em liberdade, mas ficam proibidos de contactos e com apresentações periódicas às autoridades.

Horários alargados em 176 centros de saúde a nível nacional

Quase duas centenas de centros de saúde estão já a funcionar em todo o país com horário alargado, disponível para consulta no portal do SNS, uma medida que visa diminuir a pressão sobre as urgências hospitalares.

Adão e Silva não vai ao Qatar "contra instâncias que dirigem o futebol mundial." As polémicas do ministro-adepto

Pedro Adão e Silva, em entrevista ao semanário Expresso, garante que não vai ao Mundial de 2022 mesmo que a Seleção Nacional chegue à final. O atual ministro da Cultura defende que o seu lugar no futebol “é no Estádio da Luz”.