Covid-19: Coimbra assegura alojamento a profissionais de saúde e proteção civil

| País
Porto Canal com Lusa

Coimbra, 24 mar 2020 (Lusa) -- A Câmara de Coimbra vai assegurar o alojamento em unidades hoteleiras da cidade aos profissionais de saúde e proteção civil, no âmbito da cooperação com outras entidades no combate à pandemia da covid-19.

O município vai "providenciar alojamento em unidades hoteleiras de Coimbra para acolher profissionais de saúde e proteção civil", de acordo com um despacho do presidente da autarquia, Manuel Machado, enviado à agência Lusa.

A medida surge "no âmbito da cooperação entre entidades, em conjugação de esforços para a efetivação do Plano de Contingência do Município", que foi adotado no dia 09 de março, refere o documento.

Os profissionais de saúde, que "estão na primeira linha do combate à pandemia, devem poder optar por não regressar às suas casas depois do trabalho para não arriscar o contágio às suas famílias e população em geral", sustenta o presidente da Câmara de Coimbra.

"O interesse público municipal de manter estes recursos humanos, que se têm dedicado e empenhado, ativos, saudáveis, concentrados e disponíveis para continuar a prestar os cuidados de saúde necessários à população", afirma ainda o autarca, na justificação.

Esta "aquisição de serviços de alojamento", suportada pela Câmara, resulta de um protocolo com a Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) e é feita em articulação com o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e o Instituto Português de Oncologia de Coimbra.

O novo coronavírus já infetou em Portugal mais de 2.000 pessoas e foram confirmadas já 23 mortes associadas à Covid-19.

Dos infetados, 201 estão internados, 47 dos quais em unidades de cuidados intensivos.

Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de quinta-feira e até às 23:59 de 02 de abril.

Em todo o mundo, o novo coronavírus, responsável pela pandemia de Covid-19, já infetou mais de 345 mil pessoas, das quais mais de 15.100 morreram.

JEF // SSS

Lusa/Fim

+ notícias: País

Sismo. Portugal envia “nas próximas horas” equipa de 53 operacionais para ajudar nas operações de busca e salvamento

O ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, afirmou esta terça-feira que Portugal vai enviar, "nas próximas horas", uma equipa composta por 53 operacionais para ajudar nas operações de busca e salvamento, após o sismo que abalou a Turquia e a Síria. 

Ordem dos Médicos. Arranca segunda volta das eleições entre Carlos Cortes e Rui Nunes

Cerca de 60 mil clínicos começam, esta terça-feira, a votar para eleger o bastonário da Ordem dos Médicos na segunda volta de uma eleição disputada por Carlos Cortes e Rui Nunes que decorre até 16 de fevereiro.

“Viajar sem pressa”. Mais de 16 mil condutores em excesso de velocidade durante campanha de segurança

Mais de 16 mil condutores foram apanhados por radares em excesso de velocidade durante a campanha de segurança rodoviária “Viajar sem pressa”, que decorreu entre 31 de janeiro e 06 de fevereiro, revelou esta terça-feira a GNR.