Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Exército reforça com 250 militares apoio a vigilância e rescaldo

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 17 jul (Lusa) - O Exército reforçou hoje com mais 250 militares o apoio à proteção civil em ações de vigilância e rescaldo nos incêndios nas regiões de Mangualde, Alijó e Mirandela, anunciou hoje o Estado-Maior das Forças Armadas (EMGFA).

Em comunicado, o EMGFA referiu que foram hoje mobilizados "dez pelotões do Exército, com cerca de 250 militares e dezenas de viaturas, e quatro máquinas de rasto", no apoio a "ações de vigilância e rescaldo nos incêndios que têm fustigado o continente nas últimas horas".

Cinco pelotões e quatro máquinas de rasto foram enviados para a região de Alijó, três para a região de Mangualde e duas para Mirandela, acrescentou.

Na quinta-feira passada tinham sido mobilizados 200 militares para ações de patrulhamento e vigilância florestal nas zonas de maior índice de risco de incêndios, em dez distritos do país.

SF // JPS

Lusa/fim

+ notícias: País

Fogo florestal provoca um morto em Mangualde

Uma pessoa morreu na sequência de um incêndio florestal que deflagrou no concelho de Mangualde ao início da tarde de hoje, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viseu.

Tempo seco, temperaturas máximas elevadas e mínimas baixas até quarta-feira

O tempo seco vai continuar pelo menos até à próxima quarta-feira, altura em que poderá haver precipitação, disse à agência Lusa a meteorologista Maria João Frada, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Pedrógão Grande: Associação de vítimas diz que apoio psicológico em Pedrógão Grande está a falhar

A Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande (AVIPG) denunciou hoje que a resposta psicológica está a falhar no terreno e defendeu um apoio especializado e porta a porta.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS