Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Exército reforça com 250 militares apoio a vigilância e rescaldo

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 17 jul (Lusa) - O Exército reforçou hoje com mais 250 militares o apoio à proteção civil em ações de vigilância e rescaldo nos incêndios nas regiões de Mangualde, Alijó e Mirandela, anunciou hoje o Estado-Maior das Forças Armadas (EMGFA).

Em comunicado, o EMGFA referiu que foram hoje mobilizados "dez pelotões do Exército, com cerca de 250 militares e dezenas de viaturas, e quatro máquinas de rasto", no apoio a "ações de vigilância e rescaldo nos incêndios que têm fustigado o continente nas últimas horas".

Cinco pelotões e quatro máquinas de rasto foram enviados para a região de Alijó, três para a região de Mangualde e duas para Mirandela, acrescentou.

Na quinta-feira passada tinham sido mobilizados 200 militares para ações de patrulhamento e vigilância florestal nas zonas de maior índice de risco de incêndios, em dez distritos do país.

SF // JPS

Lusa/fim

+ notícias: País

Trabalhadores do Minipreço em greve contra "discriminação salarial e o assédio moral"

Os trabalhadores dos supermercados Minipreço estão em greve, contra a discriminação salarial e o assédio moral existentes na empresa. Os funcionários concentraram-se na manhã desta sexta-feira à porta do armazém em Valongo.

Governo decreta dia de luto nacional na sexta-feira pelas vítimas da queda de árvore na Madeira

O Governo decretou dia de luto nacional na sexta-feira "pela perda irreparável de vidas humanas" na queda de uma árvore no Largo da Fonte, nas festividades de Nossa Senhora do Monte, na Madeira.

Sete meios aéreos combatem dois fogos no distrito de Viseu

Sete meios aéreos e cerca de 250 operacionais estão esta quinta-feira à tarde a combater dois incêndios no distrito de Viseu, nos concelhos de Castro Daire e de Resende, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...