Nobel da Paz 2014 distingue activista Malala e indiano Kailash Satyarthi

Nobel da Paz 2014 distingue activista Malala e indiano Kailash Satyarthi
| Mundo
Porto Canal

A paquistanesa Malala Yousafzai, de 17 anos, e o indiano Kailash Satyarthi venceram o prémio Nobel da Paz, anunciou hoje a Academia Sueca.

A ativista paquistanesa era a mais jovem entre os favoritos a receber o galardão. Já Kailash Satyarthi é um indiano que também tem lutado contra o trabalho infantil.

Malala tornou-se num símbolo reconhecido internacionalmente de resistência aos esforços dos talibãs em negar educação e outros direitos às mulheres.

Com 50 anos, Kailash Satyarthi é um dos promotores da Marcha contra o Trabalho Infantil e já resgatou mais de 60 mil crianças trabalhadores e também adultos mantidos sob regime de escravidão.

"As crianças devem ir à escola e não serem exploradas financeiramente", disse o presidente do comité do Prémio Nobel, Thorbjoern Jagland.

+ notícias: Mundo

EUA reforçam ajuda militar a Kiev com 800 milhões de dólares

Os Estados Unidos (EUA) vão reforçar a ajuda militar à Ucrânia em quase 800 milhões de dólares (797 milhões de euros), disponibilizando pelo menos uma dúzia de 'drones' de vigilância Scan Eagle, segundo autoridades norte-americanas.

Ucrânia: Preço do gás com novo máximo devido a paragem anunciada no Nord Stream

O preço do gás europeu continuou esta sexta-feira a aumentar atingindo um novo recorde no encerramento, depois de ter sido anunciado que o fornecimento de gás através do gasoduto Nord Stream será interrompido durante três dias.

Monkeypox: EMA autoriza nova técnica para administrar vacina

A Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglês) aprovou, esta sexta-feira, a administração da vacina Imvanex de forma intradérmica (na pele). Até ao momento, a vacina estava apenas autorizada para injeção subcutânea (debaixo da pele). Como o novo método, será possível imunizar mais pessoas contra a também chamada varíola dos macacos.