Novo ‘mini terminal’ de autocarros em Gondomar não está concluído

Novo ‘mini terminal’ de autocarros em Gondomar não está concluído
| Norte
Porto Canal

A Câmara Municipal de Gondomar está a construir um “mini terminal rodoviário” no Largo do Souto que ainda não se encontra concluído. Aquele que é para muitos gondomarenses o coração do concelho vai sofrer uma transformação que lhe permita albergar os autocarros da nova rede de transportes UNIR, a marca sob a qual vão operar as transportadoras da Área Metropolitana do Porto (AMP).

Inicialmente, o presidente da Câmara Municipal de Gondomar tinha previsto que a requalificação estivesse concluída “no dia 29 de novembro, para que no dia 1 de dezembro arranque a operação da UNIR”. No entanto, as condições climáticas sentidas nos últimos dias na cidade provocaram um ligeiro atraso na conclusão dos trabalhos.

Ao Porto Canal, fonte da autarquia de Gondomar revelou que espera que as obras estejam prontas no início da próxima semana.

Em declarações ao Porto Canal já na semana passada, Marco Martins comentou que o novo terminal de Gondomar com nove cais será “o principal ponto de paragem e início de linha” da nova rede de transportes, "aumentando em mais de 37% a oferta de transporte público” na cidade.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 

Uma publicação partilhada por Porto Canal (@porto.canal)

“Passamos de 90 para 300 circulações por dia na rede UNIR, face à Gondomarense”, ressalva o edil, assumindo que a nova rede de autocarros vai “contribuir para mais mobilidade e até para a descarbonização do planeta”.

O investimento da autarquia na estrutura foi de cerca de 110 mil euros, sendo que a nova rede de autocarros utiliza quatro dígitos para identificar as linhas e em Gondomar o primeiro número manter-se-á o 8.

Na véspera do arranque da operação da rede de autocarros UNIR falta apenas revelar os horários para o lote 2, que compõe os concelhos de Gondomar, Valongo, Paredes e Santo Tirso. Para os restantes lotes já são conhecidos os horários.

 

+ notícias: Norte

Gaia vai divulgar denúncias de más práticas nas reuniões do executivo

As denúncias que cheguem ao município de Vila Nova de Gaia, mesmo as anónimas, sobre a gestão da autarquia passam a partir desta segunda-feira a ser levadas a reunião de câmara, anunciou o presidente do executivo.

Guimarães quer criar polo tecnológico no setor espacial 

A cidade de Guimarães vai implementar um plano estratégico para a criação de um ‘Space Hub’, um polo tecnológico que visa a promoção do setor espacial, nomeadamente das tecnologias relacionadas com o ‘Novo Espaço’ (New Space).

Ribau Esteves satisfeito com lota mas quer transferência sem custos

O presidente da Câmara de Aveiro elogiou o ministro das Finanças, esta segunda-feira, por ter “desbloqueado” a transferência para o município da antiga lota, mas anunciou que vai tentar junto do próximo Governo que seja feita sem custos.