Outubro foi o mês mais chuvoso dos últimos anos?

Outubro foi o mês mais chuvoso dos últimos anos?
| País
Porto Canal

O mês de outubro ficou marcado pelo enorme contraste meteorológico ao longo dos seus 31 dias. Depois de duas semanas de muito calor, a chuva bateu à porta e obrigou os portugueses a trocar os chinelos de dedo pelas galochas.

Durante a primeira quinzena, outubro tinha ainda sabor a verão. De acordo com Alfredo Graça, editor-chefe do portal de notícias Meteored, o mês começou de forma muito anómala, extraordinariamente quente e seco, com temperaturas bastante acima da média climatológica de referência e sem precipitação, na generalidade.

Contudo, a sexta-feira 13 veio mudar o panorama e trouxe mesmo azar para os adeptos do calor. A partir desse dia, o padrão atmosférico inverteu-se de forma radical, com a deslocação do anticiclone, que estava a impedir a chegada das habituais depressões outonais, para a zona da Escandinávia.

Este fenómeno abriu “uma espécie de porta do Atlântico” que trouxe as depressões Aline, Bernard, Babet e Celine para a Península Ibérica, explicou Alfredo Graça ao Porto Canal. Além disso, os rios atmosféricos contribuíram para um reforço da precipitação, “tornando-a mais abundante, persistente e eficaz”.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 

Uma publicação partilhada por Porto Canal (@porto.canal)

O mau tempo provocou grandes estragos em todo o país, particularmente nas regiões do Minho, Douro Litoral, Vila Real, Viseu e Coimbra, uma vez que estas zonas estão mais expostas às depressões atlânticas.

No passado dia 24 de outubro, em declarações ao Porto Canal, as corporações de bombeiros e a Proteção Civil admitiram não ter mãos a medir para lidar com as inúmeras ocorrências registadas durante os períodos anómalos de chuva intensa.

Contudo, e apesar dos estragos, as depressões não trouxeram apenas coisas más. O especialista em climatologia explicou ao Porto Canal que uma grande parte do país que estava em seca, nomeadamente a região do Alto Minho, deixou de estar. Tal deveu-se à precipitação intensa que se fez sentir durante a segunda quinzena.

A depressão Bernard foi, aliás, a principal responsável pelas melhorias significativas registadas nos padrões de seca meteorológica, agrícola e hídrica, devido às suas características muito incomuns.

Até ao dia 26 de outubro, este mês figurava no top 5 de outubros mais chuvosos desde 1931. Com a chuva que caiu entre os dias 26 e 31, este mês tem potencial para se tornar no mais chuvoso dos últimos 90 anos, garante o geógrafo especializado em assuntos climatéricos.

+ notícias: País

Já é conhecida a chave do Eurodreams desta segunda-feira

Já é conhecida a chave do Eurodreams desta segunda-feira.

EuroDreams. Terceiro prémio 'sorriu' a 33 apostadores portugueses

Foram 33 os apostadores portugueses que foram agraciados com o terceiro prémio do EuroDreams, no valor de 88,03 euros cada.

Urgência Pediátrica de Viseu fecha em alguns períodos a partir de sexta-feira

A Urgência Pediátrica da Unidade Local de Saúde Viseu Dão-Lafões (ULSVDL) vai estar encerrada durante alguns períodos a partir de sexta-feira devido à falta de médicos pediatras, anunciou hoje a instituição.