Depois de um outubro muito chuvoso, o que podemos esperar de novembro?

Depois de um outubro muito chuvoso, o que podemos esperar de novembro?
| País
Porto Canal

Depois de um final de outubro marcado por períodos anómalos de precipitação intensa, o mês de novembro chegou em força e trouxe ainda mais chuva.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 

Uma publicação partilhada por Porto Canal (@porto.canal)

Alfredo Graça, geógrafo especializado em assuntos climatéricos, adiantou ao Porto Canal que, durante a primeira semana, a tendência da segunda quinzena de outubro vai manter-se o que, aliás, já se tem vindo a verificar.

O IPMA colocou, esta quarta-feira, os distritos do Porto, Braga, Viana do Castelo, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa sob aviso vermelho devido à previsão de agitação marítima forte, com “ondas de noroeste com altura significativa de 7 a 8 metros, podendo atingir a altura máxima de 14/15 metros”.

Esta previsão obrigou ao corte do trânsito pedonal e automóvel da avenida D. Carlos I, na marginal do Douro, no Porto, desde as 21h00 de quarta-feira.

Além disso, está também previsto "um aumento da intensidade do vento, que soprará forte no litoral das regiões Norte e Centro, com rajadas até 90 quilómetros por hora (km/h), e nas terras altas, com rajadas até 110 km/h", podendo até superar aquele valor nos pontos mais altos da Serra da Estrela.

Esta quinta-feira, o mau tempo já provocou vários estragos na cidade do Porto, especialmente devido à queda de árvores, com destaque para o incidente na Praça da República que condicionou fortemente o trânsito. 

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Porto Canal (@porto.canal)

De acordo com o editor-chefe do portal de notícias Meteored, poderá surgir uma nova depressão atlântica este sábado, marcada por um grande temporal de vento e forte agitação marítima.

O clima instável e chuvoso deverá acalmar a partir de dia 6, no entanto, com diferenças a nível regional.

Na região Norte espera-se que a chuva continue, mas dentro da média de precipitação habitual no mês de novembro. Contudo, o especialista em climatologia, deixa o alerta de que a chuva tem potencial para continuar a provocar estragos, pelo que "é necessário atuar na prevenção e não na reação". Por sua vez, a Sul, espera-se que o clima fique mais seco.

Alfredo Graça adiantou ainda ao Porto Canal que as temperaturas vão baixar em novembro, de Norte a Sul do país.

+ notícias: País

Já é conhecida a chave do Eurodreams desta segunda-feira

Já é conhecida a chave do Eurodreams desta segunda-feira.

EuroDreams. Terceiro prémio 'sorriu' a 33 apostadores portugueses

Foram 33 os apostadores portugueses que foram agraciados com o terceiro prémio do EuroDreams, no valor de 88,03 euros cada.

Urgência Pediátrica de Viseu fecha em alguns períodos a partir de sexta-feira

A Urgência Pediátrica da Unidade Local de Saúde Viseu Dão-Lafões (ULSVDL) vai estar encerrada durante alguns períodos a partir de sexta-feira devido à falta de médicos pediatras, anunciou hoje a instituição.