Dez anos depois da primeira eleição, movimento independente perspetiva futuro pós-Moreira

| Porto
Henrique Ferreira

Rui Moreira recusa a ideia de que, com o término do seu mandato na Câmara Municipal do Porto, a Associação “Porto, O Nosso Movimento” tenha os dias contados e garante que nos últimos dez anos “sempre existiram outros protagonistas”. O movimento independente assinalou, esta quinta-feira, uma década de governação com um jantar comemorativo. 

“Estes movimentos são uma porta de vai e vem”, assegurou o autarca aos jornalistas.

Para Moreira, “quando um movimento consegue atrair mais de 200 pessoas para um jantar seguramente está de muito boa saúde”.

Porto Canal

Moreira vestiu no jantar desta quinta-feira a camisa azul com que fez várias ações de campanha no passado

As comemorações evocativas dos dez anos do movimento de Rui Moreira à frente do município do Porto aconteceram, esta quinta-feira, na Fundação António Cupertino de Miranda.

Filipe Araújo: “há muita gente capaz” no movimento para suceder a Moreira

O jantar, que foi apontado como um teste às bases independentes e à capacidade de mobilização do movimento, não ajudou, no entanto, a dissipar dúvidas quanto à sucessão de Rui Moreira.

Questionado pelo Porto Canal, Filipe Araújo, atual presidente do movimento, não confirma se será o candidato às autárquicas de 2025 e diz mesmo que “há muita gente capaz” dentro da organização a que preside.

“Sobre o que virá em 2025, o que posso dizer é que nós gostávamos que este movimento, que veio em prol da cidade, continuasse. Essa é a grande mensagem que quero deixar”, afirma o vice-presidente da Câmara Municipal do Porto.

Porto Canal

Filipe Araújo é apontado como o sucessor de Moreira na Câmara do Porto

Confrontado com os rumores de instabilidade dentro da associação, Filipe Araújo diz que “a melhor resposta é olhar para as 200 pessoas que estão na sala e que acreditam no movimento”.

Movimento nega rutura com a Iniciativa Liberal

Filipe Araújo nega ainda que os independentes estejam em rutura com a Iniciativa Liberal, partido com que estabeleceram um acordo pré-eleitoral nas últimas eleições autárquicas.

Tal como avançou o Porto Canal na tarde desta quinta-feira, Rui Rocha, presidente dos liberais, foi convidado, mas não marcou presença nas comemorações, tendo o partido sido representado pelo tesoureiro nacional, Tiago Oliveira Martins.

Porto Canal

Tiago Oliveira Martins, tesoureiro nacional da Iniciativa Liberal, não ficou sentado na mesa de Rui Moreira e Filipe Araújo

“O convite ao Dr. Rui Rocha foi feito por mim e ele esteve até à última a ver a sua agenda para conseguir estar. Não conseguindo, designou um representante”, explica Filipe Araújo.

Segundo o presidente do movimento, “se existisse uma rutura com a Iniciativa Liberal não estaria presente no jantar um representante do partido”.

Além da Iniciativa Liberal, estiveram representados no jantar CDS-PP e PSD. Nuno Melo, presidente do CDS-PP, foi um dos convidados, assim como Alberto Machado, presidente da concelhia do Porto do PSD.

“Nunca deixaremos de trabalhar com os partidos”, assegura Filipe Araújo, que reforça a importância que os acordos pré-eleitorais tiveram nos últimos dez anos de governação.

Apesar disso, Araújo já garantiu que o movimento não vai integrar a lista de nenhum partido nas próximas eleições. Em entrevista ao Jornal de Notícias, em junho deste ano, o independente explicava que a associação cívica queria avançar com uma lista própria à autarquia.

Porto Canal

Nuno Melo e Alberto Machado sentaram-se ao lado de Moreira e Filipe Araújo

O revisitar do passado e os conselhos de Moreira

Perante os cerca de 200 apoiantes presentes no jantar de comemoração, Filipe Araújo e Rui Moreira discursaram sobre o passado do movimento e revisitaram as conquistas dos últimos dez anos.

Quanto ao futuro, Araújo não deixou grandes garantias, mas Moreira quis deixar conselhos. “O que vos peço é que se empenhem, que tentem falar com os partidos, que garantam que a cidadania no Porto funciona de forma diferente”.

“Podem não se entender todos, mas continuem”, apelou o independente.

Rui Moreira assegura que a fundação do movimento “valeu imenso a pena” e, apesar de não perspetivar nem o futuro do movimento, nem o seu próprio, garante que vai continuar a pertencer ao quadro de militantes.

+ notícias: Porto

Trânsito no Porto. Confira os locais a evitar esta segunda-feira

O trânsito ao final da tarde desta segunda-feira faz-se sentir principalmente no acesso à cidade do Porto pela Avenida AEP.

Incêndio em colégio no Porto já está extinto

O incêndio que deflagrou ao início da tarde de deste domingo no Colégio Flori, no Porto, "já está extinto" e em fase de rescaldo e ventilação, adiantaram ao Porto Canal as autoridades.

Last Folio: as duras memórias do Holocausto 

O Museu e Igreja da Misericórdia do Porto acolhem a exposição internacional LAST FOLIO acompanhada por um documentário, que mostra as memórias do Holocausto. A exposição do fotógrafo Yuri Dojc e da cineasta Katya Krausova, pode ser visitada até novembro.