Notícia Porto Canal. Maria João Baptista é a nova presidente do Conselho de Administração do São João

Notícia Porto Canal. Maria João Baptista é a nova presidente do Conselho de Administração do São João
| Porto
Porto Canal

O novo Conselho de Administração do Hospital de São João vai ser liderado por Maria João Baptista. Esta nomeação representa uma linha de continuidade, visto que a nova presidente do Conselho de Administração já se encontrava como diretora clínica do Centro Hospitalar.

Para substituição desta função, Roberto Roncon, que até agora dirigia um dos serviços de medicina intensiva, vai assegurar o cargo de novo diretor clínico do Hospital de São João.

Maria João Baptista assume o cargo depois de Fernando Araújo ter sido nomeado como diretor-executivo do Serviço Nacional de Saúde. 

+ notícias: Porto

O antigo quarteirão da Casa Forte mudou com o Porto

O antigo quarteirão da Casa Forte, no coração do Porto, ganhou o nome da loja da esquina voltada ao Mercado do Bolhão. A emblemática empresa da cidade viria a encerrar em 2004, paradoxalmente o ano da criação da Porto Vivo, Sociedade de Reabilitação Urbana, que lançou as bases da nova vida do quarteirão. Entre projetos, demolições e mudança de promotores imobiliários, só ao fim de quase 20 anos é que o espaço da cidade vai voltar a receber moradores. Numa viagem pela história, que resposta dá à cidade o novo Quarteirão da extinta Casa Forte?

“A ‘cidade-negócio’ vai-se descaracterizando completamente perdendo interesse até para turistas”

A histórica Mercearia do Bolhão, aberta no Porto desde 1880, vai encerrar portas a 30 de abril para dar lugar a uma loja da multinacional Ale-Hop, como avançou o Porto Canal na manhã desta sexta-feira. À esquerda, os vereadores da oposição da Câmara do Porto lamentam que a cidade se vá ‘descaracterizando’.

Fecha a Mercearia do Bolhão. Vai o Porto tornar-se numa “cidade como outra qualquer”?

A histórica Mercearia do Bolhão, aberta no Porto desde 1880, vai encerrar portas a 30 de abril para dar lugar a uma loja da multinacional Ale-Hop, como avançou o Porto Canal na manhã desta sexta-feira. José Rio Fernandes, geógrafo e professor da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, considera que Portugal deveria ser “menos liberal em relação ao comércio” e que os municípios deveriam ter mais poder no que diz respeito à ordenação do seu território.