Info

Parlamento aprova reposição faseada em 2016 da totalidade dos cortes salariais no sector público

Parlamento aprova reposição faseada em 2016 da totalidade dos cortes salariais no sector público
| Política
Porto Canal

PS, Bloco de Esquerda, PCP, "Os Verdes" e PAN aprovaram hoje, no parlamento, em votação final global, a reposição faseada da totalidade dos cortes salariais no setor público até ao início do quarto trimestre de 2016.

Após um curto debate em plenário, mas marcado por elevada tensão entre esquerda e direita parlamentar, PSD e CDS-PP votaram contra (tanto na generalidade, como na especialidade e em votação final global) o diploma dos socialistas para a reposição dos cortes salariais ao longo de 2016

Na mesma série de votações neste ponto da ordem de trabalhos, PSD, PS e CDS chumbaram um diploma alternativo apresentado pelo PCP, que previa a reposição integral dos cortes salariais no mês seguinte à aprovação do Orçamento do Estado para 2016 - diploma que teve o apoio de "Os Verdes", mas que registou as abstenções do Bloco de Esquerda e PAN (Pessoas Animais e Natureza).

+ notícias: Política

António Costa nega qualquer confinamento nos concelhos do Norte 

O Primeiro-ministro, António Costa, negou, quando questionado pelo Porto Canal, que "não está em causa nenhuma cerca sanitária nem nenhum confinamento obrigatório" em concelhos do Norte do país. Explica que "estão em causa medidas que visam conter a expansão da pandemia" que têm origem em contágios de origem social. 

TAP regista prejuízo de 606 milhões de euros. Concorrência dá 'luz verde' a controlo estatal da companhia

A Autoridade da Concorrência (AdC) deu 'luz verde' ao reforço do Estado na TAP, com a aquisição de 22,5% do capital da companhia, que se somam aos 50% já detidos pela Parpública, revela um aviso hoje publicado. Empresa regista um prejuízo de 606 milhões de euros no primeiro semestre.

Prospeção de lítio na Serra d'Arga depende de avaliação ambiental

O secretário de Estado Adjunto e da Energia disse hoje que a inclusão ou exclusão de Arga, no Alto Minho, no concurso para prospeção e pesquisa de lítio, está dependente da Avaliação Ambiental Estratégica (AAE) que irá iniciar-se.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

D'Mais

Alberto Índio e Inês...