Info

Redução para 50% da CES aprovada pelo PS, PSD, CDS e PAN com votos contra dos restantes

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 18 dez (Lusa) - A redução para metade em 2016 da Contribuição Extraordinária de Solidariedade (CES) que incide sobre as pensões mais elevadas foi hoje aprovada com os votos favoráveis do PS, do PSD e do CDS e com a oposição das restantes bancadas.

Este diploma é assim a primeira matéria considerada importante para o PS que os socialistas conseguem aprovar no parlamento por terem os votos favoráveis do PSD e do CDS, uma vez que tanto o BE, como o PCP e o PEV votaram contra. O deputado do PAN também votou favoravelmente.

A proposta do PS para a CES propõe uma redução para metade desta contribuição, estabelecendo que, em 2016, seja de 7,5% para o montante de pensões que exceda os 4.611,42 euros mas que não ultrapasse os 7.126,74 euros, e que seja de 20% para o valor das pensões acima deste valor. Em 2017, a CES deixa de se aplicar.

ND // CSJ

Lusa/fim

+ notícias: Política

OE2021: Orçamento aprovado apenas com votos favoráveis do PS

O Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) foi hoje aprovado, no parlamento, apenas com os votos favoráveis do PS, e com a abstenção do PCP, PEV, PAN e das duas deputadas não inscritas.

PAN abstém-se e garante aprovação da proposta do Governo

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação final global do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), permitindo assim a aprovação da proposta do Governo no plenário de hoje.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Exposição 'A Arte do Falso'

D'Mais

Upcycling Project - suporte para facas