Polícia Municipal do Porto vai ser reforçada com 20 elementos

| Porto
Porto Canal / Agências

As polícias municipais do Porto e Lisboa vão ser reforçadas com 50 novos elementos provenientes da PSP, revelou esta segunda-feira à agência Lusa o Ministério da Administração Interna (MAI).

Segundo o MAI, a Polícia Municipal do Porto vai ser reforçada com 20 elementos e a Polícia Municipal de Lisboa com 30. 

O ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, decidiu reforçar as polícias municipais de Lisboa e Porto após terem concluído recentemente o curso de agentes da Polícia de Segurança Pública 584 elementos e reconhecer “a indispensável função de proximidade e a importância da ação das polícias municipais no contexto da Estratégia Integrada de Segurança Urbana”.

O MAI refere ainda que, nos próximos dias, serão desenvolvidos os procedimentos legais tendentes à concretização desse reforço, que é anunciado no dia da tomada de posse do novo comandante da Polícia Municipal de Lisboa, José Carvalho Figueira, que comandava até agora o comando distrital de Leiria da PSP.

As polícias municipais dos municípios de Lisboa e Porto são constituídas por pessoal com funções policiais da PSP, sujeito ao estatuto profissional do pessoal com funções policiais da Polícia de Segurança Pública e o recrutamento é autorizado pelo ministro Administração Interna, ficando os polícias a prestar uma comissão de serviço por três anos, renováveis até ao limite de nove anos.

+ notícias: Porto

Trânsito no Porto. Confira os locais a evitar esta segunda-feira

O trânsito ao final da tarde desta segunda-feira faz-se sentir principalmente no acesso à cidade do Porto pela Avenida AEP.

Incêndio em colégio no Porto já está extinto

O incêndio que deflagrou ao início da tarde de deste domingo no Colégio Flori, no Porto, "já está extinto" e em fase de rescaldo e ventilação, adiantaram ao Porto Canal as autoridades.

Last Folio: as duras memórias do Holocausto 

O Museu e Igreja da Misericórdia do Porto acolhem a exposição internacional LAST FOLIO acompanhada por um documentário, que mostra as memórias do Holocausto. A exposição do fotógrafo Yuri Dojc e da cineasta Katya Krausova, pode ser visitada até novembro.