Dezenas de pessoas envolvidas em confrontos durante sorteio para a venda ambulante de castanhas no Porto

| Porto
Porto Canal

Cerca de 70 pessoas envolveram-se, na manhã desta quinta-feira, em cenas de violência, no auditório da junta da União de Freguesias do Centro Histórico do Porto. Em causa está o sorteio para a venda ambulante de castanhas. 

Contactado pelo Porto Canal, Nuno Cruz, Presidente da União de Freguesias, lamentou a falta de eficácia na resposta das autoridades, que demoraram cerca de 30 minutos a chegar ao local.

Os desacatos, que aconteceram na rua Gonçalo Cristóvão, provocaram quase uma dezena de feridos, alguns dos quais agredidos com garrafas de vidro.

"Já tinha havido entre algumas famílias complicações na zona da Movida. E no final do sorteio, alguém se sentiu, não prejudicado, mas descontente com os lugares que lhe saíram no sorteio e provocaram um desacato enorme, uma autêntica batalha campal", relata Nuno Cruz, tecendo duras críticas à demora da PSP. 

"Eu quando recorri ao 112, à polícia, eram 11h03 e chegaram cá às 11h33. Demoraram 30 minutos a cá chegar. Estou indignado por saber a resposta que as pessoas têm", rematou. 

 

+ notícias: Porto

Avenida D. Carlos I permanece encerrada devido ao agravamento das condições meteorológicas

A circulação automóvel e pedonal na Avenida D. Carlos I vai permanecer cortada por questões de segurança, devido ao agravamento das condições meteorológicas.

Novas vigílias prometidas pelos assistentes operacionais do São João e do Pedro Hispano

Os assistentes operacionais do Hospital de São João, no Porto, e do Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, fizeram uma vigília este mês e prometem novas ações se continuarem sem resposta.

Autocarros em tempo real. STCP já tem painéis “estilo papel” em pleno funcionamento

Os novos painéis informativos da STCP já estão instalados em oito abrigos da cidade. Os ecrãs com aspeto de papel fornecem informação sobre os autocarros em tempo real.