Pelo menos 95 casas serão afetadas com construção da linha de alta velocidade entre Porto e Aveiro 

Pelo menos 95 casas serão afetadas com construção da linha de alta velocidade entre Porto e Aveiro 
Porto Canal
| Norte
Porto Canal

A construção da linha de alta velocidade entre Porto e Lisboa vai afetar pelo menos 95 casas nos primeiros 71 quilómetros da linha ferroviária, entre Campanhã, no Porto, e Oiã, em Aveiro, avança o jornal Público esta quinta-feira tendo em conta o parece favorável condicionado emitido pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

De acordo com o Estudo de Impacte Ambiental (EIA) apresentado pela Infraestruturas de Portugal (IP) que esteve em consulta pública entre maio e junho deste ano, o primeiro lote da linha de alta velocidade estava divido em quatro trechos. No entanto, escreve o Público, a comissão de avaliação apenas aceitou as propostas da IP para os trechos um, três e quatro.

O trecho dois, entre Oliveira de Azeméis e Espinho, foi alterado de forma a evitar afetar mais casas. A primeira proposta iria afetar 42 casas e a solução escolhida pela APA afeta 34 casas.

Sendo assim, acrescentado as 18 casas que irão ser afetadas entre Oiã e Oliveira de Azeméis, no trecho um, às 43 casas que serão afetadas entre Santo Ovídio, em Vila Nova de Gaia, e a estação de Campanhã, no Porto, no trecho quatro, somam-se as tais 95 casas.

É provável que este número sofra alterações, visto que o trecho três não tem para já contabilizado o número de casas afetadas, acrescenta o jornal Público.

+ notícias: Norte

Câmara de Gondomar aprova contas de 2023 com saldo positivo

A Câmara de Gondomar aprovou esta sexta-feira, com os votos contra da oposição, o relatório e contas de 2023, que apresenta um saldo positivo de 610 mil euros, situação que o presidente atribuiu aos conflitos na Ucrânia e em Gaza.

Terminaram buscas por jovem desaparecido em Gaia

As buscas permanentes pelo jovem de 16 anos desaparecido há uma semana no mar em Vila Nova de Gaia terminaram esta sexta-feira, sem sucesso, ao pôr-do-sol, revelou à Lusa o comandante da Capitania do Douro, Rui Lampreia.

Idoso carbonizado encontrado em Santa Maria da Feira

Um idoso foi encontrado morto já carbonizado em São João de Ver, no concelho de Santa Maria da Feira, avança o Correio da Manhã, citando fonte da GNR.