Fechada há mais de 30 anos, PS do Porto questiona Governo sobre Ponte Maria Pia

Fechada há mais de 30 anos, PS do Porto questiona Governo sobre Ponte Maria Pia
| Porto
Porto Canal

O Partido Socialista (PS) do Porto quer saber se o Governo está informado sobre a situação da ponte Maria Pia, no Porto, à qual nos últimos 30 anos têm sido apontados diferentes destinos.

Por considerarem que a situação da Ponte Maria Pia “não pode continuar a ser protelada”, autarcas do PS do Porto questionaram, esta sexta-feira, o ministro das Infraestruturas, João Galamba, se a Infraestruturas de Portugal (IP) tem algum projeto para a revitalização da ponte.

“Ao longo dos anos, a Infraestruturas de Portugal (IP), dona da ponte, tem feito sucessivos anúncios, por vezes contraditórios, sobre possíveis intervenções na ponte e sobre novos usos para o equipamento – incluindo a sua reabertura para travessia pedonal e ciclável – sem que nada tenha sido concretizado até à data nem tenha existido articulação com os municípios do Porto e de Vila Nova de Gaia”, denunciam os socialistas Tiago Barbosa Ribeiro, Rosário Gambôa, Maria João Castro e Rui Lage.

Os socialistas questionam ainda se o Governo vai dar orientações à IP para que se avance com a reabertura da ponte para circulação pedonal e ciclável, efetuando as intervenções necessárias para esse efeito.

Nas perguntas dirigidas a João Galamba, o partido sublinha o seu apoio enfático à revitalização da ponte, que considera que “permanece como uma extraordinária infra-estrutura”, e defende ainda a sua abertura à comunidade.

A Ponte Maria Pia, projetada por Gustavo Eiffel, foi inaugurada em 1877 e foi utilizada até 1991 para ligar as cidades do Porto e de Vila Nova de Gaia através de Comboio. Está, desde 1982, classificada como Monumento Nacional.

+ notícias: Porto

GNR desmantela rede que traficava droga no Porto. Apreendidas mais de 70 mil doses de haxixe

A GNR desmantelou, no domingo, uma rede de tráfico de droga que operava no Grande Porto, tendo detido 10 homens e apreendido mais de 70 mil doses de estupefacientes, bem como cerca de 100 mil euros, foi esta segunda-feira revelado.

Ativistas pró-Palestina obrigados a "desmobilizar" da Faculdade de Ciências do Porto

Os ativistas pró-palestina que desde quinta-feira se mantêm em protesto na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto receberam, no domingo, a indicação para desmobilizarem até às 20h de hoje ou “serão acionados meios” para os retirar.

Câmara do Porto reprova bolsa de prioridades para casos de despejo sem habitação assegurada

São precisas mais respostas de emergência e de inclusão social no Porto. Foi essa a base da proposta que a CDU apresentou esta segunda-feira, em reunião de executivo, que recomendava um programa integrado nas áreas mais carenciadas da cidade. A recomendação acabou reprovada, contando apenas com os votos favoráveis do PS e do Bloco de Esquerda.