Sérgio Figueiredo renuncia ao cargo de consultor do ministro das Finanças

| País
Porto Canal / Agências

Sérgio Figueiredo renunciou ao cargo de consultor do ministro das Finanças, anunciou hoje o ex-antigo diretor de informação da TVI num texto publicado no Jornal de Negócios.

"Para mim chega! Sou a partir deste momento o ex-futuro consultor do ministro das Finanças. Sossego as almas mais sobressaltadas de que não cheguei a receber um cêntimo, sequer formalizei o contrato que desde a semana passada esperava pela minha assinatura", pode ler-se num texto assinado por Sérgio Figueiredo na edição 'online' do jornal.

O jornal Público noticiou em 09 de agosto que o Ministério das Finanças tinha contratado o antigo diretor de informação da TVI e ex-administrador da Fundação EDP Sérgio Figueiredo como consultor estratégico para fazer a avaliação e monitorização do impacto das políticas públicas, escolha que motivou críticas de partidos políticos e comentadores.

+ notícias: País

Sismo. Portugal envia “nas próximas horas” equipa de 53 operacionais para ajudar nas operações de busca e salvamento

O ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, afirmou esta terça-feira que Portugal vai enviar, "nas próximas horas", uma equipa composta por 53 operacionais para ajudar nas operações de busca e salvamento, após o sismo que abalou a Turquia e a Síria. 

Ordem dos Médicos. Arranca segunda volta das eleições entre Carlos Cortes e Rui Nunes

Cerca de 60 mil clínicos começam, esta terça-feira, a votar para eleger o bastonário da Ordem dos Médicos na segunda volta de uma eleição disputada por Carlos Cortes e Rui Nunes que decorre até 16 de fevereiro.

“Viajar sem pressa”. Mais de 16 mil condutores em excesso de velocidade durante campanha de segurança

Mais de 16 mil condutores foram apanhados por radares em excesso de velocidade durante a campanha de segurança rodoviária “Viajar sem pressa”, que decorreu entre 31 de janeiro e 06 de fevereiro, revelou esta terça-feira a GNR.