Info

Covid-19: NASA adia lançamento do telescópio espacial James Webb para outubro de 2021

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Redação, 17 jul 2020 (Lusa) -- A NASA voltou a adiar o lançamento do telescópio espacial James Webb, previsto para março de 2021, apontando o dia 31 de outubro do mesmo ano como a nova data.

Segundo uma nota publicada hoje no 'site' da Agência Espacial Europeia (ESA), que integra o projeto internacional liderado pela NASA, a decisão decorreu de um programa de avaliação de risco das atividades em falta, que contabilizou os impactos dos desafios impostos pela pandemia da covid-19.

Entre os motivos para o novo adiamento, a ESA refere os impactos decorrentes de precauções de segurança acrescida, redução de pessoal no local, interrupção do turno de trabalho e desafios técnicos, numa fase em que os testes do observatório continuam a decorrer, na Northrop Grumman, o principal parceiro industrial da missão, na Califórnia.

Até ao final de 2020, será concluído um conjunto final de testes ambientais de todo o observatório, seguindo-se o desdobramento final do telescópio e do escudo protetor solar, adianta a agência europeia.

"O Webb é um empreendimento sem precedentes na ciência espacial, que exige a maior engenhosidade nos domínios científico e técnico, numa parceria internacional muito forte," disse o diretor de Ciência da ESA, Günther Hasinger, citado em comunicado, acrescentando que o telescópio vai permitir "revolucionar a nossa compreensão do universo".

Na prática, o observatório vai detetar luz da primeira geração de estrelas e galáxias, que se formaram no início do Universo, e estudar a atmosfera de exoplanetas habitáveis.

Além da colaboração da ESA, a missão liderada pela NASA conta ainda com a participação da Agência Espacial Canadiana (CSA).

Nesta parceria, a Europa está a contribuir com dois instrumentos científicos críticos e o serviço de lançamento, através do veículo de lançamento Ariane 5.

Segundo a ESA, o Webb será o próximo grande observatório de ciências espaciais, baseando-se no sucesso do telescópio Hubble, lançado há 30 anos, para resolver os mistérios do Sistema Solar, explorar mundos distantes ao redor de outras estrelas e descobrir as origens do Universo.

 

MYCA // ZO

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Pandemia já matou pelo menos 4,09 milhões de pessoas no mundo

A pandemia de covid-19 matou, até hoje, pelo menos 4.093.263 pessoas no mundo desde o final de dezembro de 2019, segundo um levantamento realizado pela agência de notícias francesa AFP com base em fontes oficiais.

Quatro portugueses detidos em Espanha por suposta violação de duas mulheres

Redação, 24 jul 2021 (Lusa) -- A polícia espanhola anunciou ter detido hoje quatro cidadãos portugueses por suposta violação múltipla e abusos sexuais a duas mulheres de 22 e 23 anos, numa pensão em Gijón, no norte do país.

Polícia moçambicana detém militares em ajuntamento a beberem álcool e armados

Maputo, 24 jul 2021 (Lusa) -- A polícia moçambicana deteve na sexta-feira militares que bebiam álcool armados e fardados na cidade de Pemba, norte do país, num aglomerado, à noite, violando as medidas de prevenção de covid-19, anunciaram hoje as autoridades.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

O efeito do observador - Centro de...