Info

Aumentos nas pensões, abono de família, RSI e CSI custam 173ME em 2016

Aumentos nas pensões, abono de família, RSI e CSI custam 173ME em 2016
| Política
Porto Canal

O Governo disse hoje que o aumento das pensões e do abono de família e a reposição dos valores de referência do Rendimento Social de Inserção e do Complemento Social para Idosos custam 173 milhões de euros em 2016.

Na conferência de imprensa que se seguiu ao Conselho de Ministros desta manhã, o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social disse que "o conjunto de despesa associado ao aumento de pensões andará perto de 80 milhões de euros", apesar de admitir que ainda não foi determinado "com exatidão" o valor da atualização das pensões.

A este valor acrescem cerca de 50 milhões de euros com a reposição dos valores de Rendimento Social de Inserção (RSI), 37 milhões de euros com o aumento dos três primeiros escalões do abono de família e seis milhões de euros com o Complemento Social para Idosos (CSI).

+ notícias: Política

Ministro Eduardo Cabrita demite-se

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, demitiu-se hoje, na sequência da acusação de homicídio por negligência do Ministério Público ao seu motorista pelo atropelamento mortal de um trabalhador da autoestrada A6, em junho deste ano.

Militantes de Gaia desafiam PSD/Porto a "retratar-se de rutura" com as bases

O Movimento Reativar Gaia, de militantes daquela concelhia do PSD, quer que a distrital social-democrata do Porto "se retrate da rutura existente entre a estrutura e os seus militantes" e está a preparar uma "estratégia operativa" para as legislativas.

Governo aprova subida do salário mínimo para 705 euros a partir de janeiro

O Governo aprovou hoje a subida do salário mínimo para 705 euros a partir de 01 de janeiro, bem como os apoios às empresas para estes aumentos, adiantou o executivo, no final do Conselho de Ministros.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS