Pinto da Costa: “Temos que respeitar a memória do Artur Jorge e dedicar-lhe muitos triunfos” 

| Desporto
Porto Canal

Jorge Nuno Pinto da Costa foi recebido na Câmara Municipal das Caldas da Rainha.

“Hoje é um dia triste para todos os portugueses e, de um modo especial, para o FC Porto”. Acabado de regressar do funeral de Artur Jorge, em Lisboa, Jorge Nuno Pinto da Costa arrancou assim o discurso nos Paços do Concelho das Caldas da Rainha, onde foi recebido pelo autarca local no âmbito do 20.º aniversário da Casa do FC Porto naquela cidade.

“É um momento triste, mas não é motivo para nos enfraquecer. É um motivo para nos fortalecer porque temos de seguir o seu exemplo”, explicou o dirigente tocado pelo falecimento do “iniciador dos títulos internacionais do clube”. Ladeado por Joaquim Beato, representante do “executivo independente” eleito pelos caldenses, Pinto da Costa lembrou que “o povo precisa de dar força às autarquias porque são elas a resistência ao centralismo deste país”, agradeceu a presença dos “portistas que se mantêm fiéis ao clube” e mostrou-se “sempre pronto a defender os interesses do FC Porto”.

Um legado para honrar
“Hoje é um dia triste para todos os portugueses e, de um modo especial, para o FC Porto. Tive a honra de ser presidente do Artur Jorge, de o ver ser o primeiro treinador português a conquistar a Taça dos Campeões Europeus e, até hoje, só dois portugueses o conseguiram: o Artur Jorge e o José Mourinho, ambos pelo FC Porto. É um momento triste, mas não é motivo para nos enfraquecer. É um motivo para nos fortalecer porque temos de seguir o seu exemplo, respeitar a sua memória e dedicar muitos triunfos ao iniciador dos títulos internacionais do FC Porto.”

Grato aos caldenses
“É um prazer enorme ser recebido na Câmara Municipal das localidades que visito, mas esta tem um significado especial. É um executivo independente, como eu também sou politicamente, e representa a vontade popular. O povo sabe escolher e o povo precisa de dar força às autarquias porque são elas a resistência ao centralismo deste país. Queria agradecer a todos e aos portistas que se mantêm fiéis ao clube, porque já é a terceira vez que visito as Caldas enquanto presidente do FC Porto. Faço-o sempre com grande satisfação, porque sei que podem não ser muitos, mas são bons e sentem o FC Porto. Quero agradecer a vossa presença e garantir-vos que estarei sempre pronto a defender os interesses do FC Porto. Muito obrigado por esta receção e um abraço de melhoras ao senhor Presidente da Câmara que só não marcou presença por estar a recuperar de um problema de saúde.”

+ notícias: Desporto

Nuno Capucho: "Eles são a bandeira da formação do FC Porto"

“Formar a ganhar” é o “princípio básico” da equipa de sub-19, a “bandeira da formação” do clube, que vai defrontar o AC Milan, um “adversário difícil, competente e com qualidade técnica” nas meias-finais da Youth League (17h00, Porto Canal/FC Porto TV).

Em Lausanne "sente-se o portismo, às vezes até mais do que no estádio"

José Silva é Presidente da Casa do FC Porto em Lausanne, na Suíça, há 30 anos. No dia em que os 'Dragões' disputam as meias-finais da UEFA Youth League contra o AC Milan, o reformado recorda com "alegria e orgulho" a conquista da Final 4 em 2019 e perspetiva um resultado positivo na edição de 2024.

Eleições FC Porto: Portal do recenseamento pioneiro disponível para os sócios

Na antecâmara das eleições agendadas para 27 de abril, o FC Porto disponibiliza a partir desta sexta-feira um portal digital, através do qual cada sócio pode consultar dados relativos ao seu recenseamento e à sua capacidade eleitoral.