Novo CEO da TAP assume estar “preparado” para gerir a companhia

Novo CEO da TAP assume estar “preparado” para gerir a companhia
| País
Porto Canal

Luís Rodrigues, que toma posse esta sexta-feira como presidente do Conselho de Administração (PCA) e presidente executivo (CEO) da TAP, assume estar “preparado” para gerir a companhia aérea e diz ter a “esperança” de resolver os impasses com os sindicatos o mias depressa e da melhor forma possível.

Em declarações aos jornalistas e transmitidas pela ‘CNN Portugal’, Luís Rodrigues disse que assim que tiver oportunidade vai abordar “todos os temas que tiveres de ser abordados, sem tabus” com os sindicatos. “Tenho a mesma esperança que eles que é resolver isto o mais depressa possível e o melhor possível”.

Além disso, mostrou disponibilidade total para reunir com os sindicatos.

Questionado se recebeu alguma informação por parte do Governo antes de entrar em funções, Luís Rodrigues disse que lhe transmitiram a seguinte mensagem: “Começas a trabalhar na sexta-feira, dia 14, e faz-te à vida”.

"Estou preparado para fazer a gestão da companhia e o Governo fará a gestão que tem de fazer. As duas coisas são separadas, ponto", acrescentou.

Em comunicado, o Ministério das Finanças divulgou que “o novo PCA e presidente da Comissão Executiva da TAP S.A e da TAP SGPS, Luís Rodrigues, vai assumir funções na sexta-feira, dia 14 de abril”.

Recorde-se que Luís Rodrigues vai substituir Christine Ourmières-Widener que foi demitida.

+ notícias: País

Até os patos viraram o pescoço para ver o meteoro passar

O meteoro que pintou de azul e verde os céus de Portugal e Espanha ao final da noite do último sábado, dia 18 de maio, não impressionou só os humanos que o viram. Uma transmissão na plataforma de streaming Twitch mostrou a reação de um grupo de patos à passagem do clarão nos céus.

Governo volta a reunir-se com estruturas da PSP e GNR descontentes com proposta

A ministra da Administração Interna volta esta quinta-feira a reunir-se com os sindicatos da PSP e associações da GNR por causa do suplemento de missão, depois de há uma semana ter apresentado uma nova proposta que desagradou aos polícias.

Está escolhido o novo diretor executivo do SNS

O Ministério da Saúde anunciou esta quarta-feira que escolheu o médico António Gandra d’Almeida para substituir Fernando Araújo como diretor executivo do SNS e adiantou que o tenente-coronel tem uma vasta experiência em emergência médica.