“Não olhava para as regiões de forma justa”. Turismo do Porto e Norte 'aplaude' afastamento de ex-CEO da TAP

Foto: Pedro Benjamim | Porto Canal
| País
Porto Canal

O Presidente da Associação de Turismo do Porto e Norte de Portugal considerou, esta terça-feira, em entrevista ao Porto Canal, que Christine Ourmières-Widener "não olhava para as regiões de forma justa", lamentando que a Presidente executiva cessante da TAP não tenha tido a capacidade de olhar para o aeroporto do Porto com outros olhos.

Luís Pedro Martins teceu críticas à gestão da companhia aérea, alertando para a reduzida presença da empresa no Aeroporto Francisco Sá Carneiro.

[Christine Ourmières-Widener] "não era, de facto, uma CEO que olhasse para as regiões de forma justa. Em boa verdade, nós não conseguimos repor a operação que a TAP tinha em 2019, que já não era uma grande operação. O que registamos é que atualmente todas as companhias regressaram ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro, exceto a TAP na mesma dimensão que tinha, apesar de não ser ainda muito interessante, mas que tinha em 2019", começou por dizer. 

O dirigente mostrou-se ainda otimista no novo rumo da TAP, com a nomeação de Luís Manuel da Silva Rodrigues para o cargo de novo Presidente Executivo da companhia aérea. 

"A expectativa é bastante boa, porque o Dr. Luís Rodrigues vem com bom currículo, com provas dadas, nomeadamente na SATA. Queremos acreditar que a sua experiência a liderar o aeroporto de uma região o terá feito perceber das necessidades e da importância que tem a conectividade aérea para uma região", frisou. 

O Governo anunicou, ao final da tarde desta segunda-feira, o afastamento da CEO e do chairman da TAP. 

Christine Ourmières-Widener e Manuel Beja estavam à frente da companhia aérea de bandeira portuguesa desde junho de 2021.

Recorde-se que, no passado mês de dezembro, Alexandra Reis tomou posse como secretária de Estado do Tesouro, tendo apresentado demissão 25 dias depois de tomar posse. A partir desse momento, instalou-se a polémica sobre a indemnização que recebeu, no valor de 500 mil euros, quando saiu da companhia aérea, sendo estas consequências visíveis desse caso que muita tinta fez e faz ainda correr. 

+ notícias: País

Preços dos combustíveis seguem em direções opostas. Confira as previsões

Depois de na última semana os preços dos combustíveis terem descido, a partir de segunda-feira as notícias não são boas para os condutores de carros a gasolina.

Ministério da Saúde convoca médicos para iniciarem negociações

O Ministério da Saúde convocou os sindicatos médicos para a primeira reunião negocial no dia 26 de abril de manhã, anunciaram esta sexta-feira as estruturas sindicais.

Um terço dos portugueses elegem 25 de Abril como a data mais importante do país

Em 2004 foi também esta a escolha de 52% dos inquiridos e de 59% da amostra no inquérito de 2014, face a outras datas propostas, como a adesão de Portugal à Comunidade Económica Europeia (CEE), em 1985, a implantação da República (1910), a restauração da independência em 1640, a Batalha de Aljubarrota (1385) e a chegada de Vasco da Gama à Índia (1498).