Ministério quer fixar professores em concurso de 2024

Ministério quer fixar professores em concurso de 2024
| País
Porto Canal/Agências

O Ministério da Educação quer que todos os professores possam concorrer a uma escola em 2024, e depois só abrirá vagas onde faltem docentes, interrompendo o processo de "deslocalizar professores que estavam felizes" num estabelecimento de ensino.

Esta é uma das propostas que o ministério enviou esta manhã às estruturas sindicais com quem inicia esta quarta-feira a terceira ronda de negociações, revelou o ministro da Educação, João Costa.

"No concurso de 2024 todos poderão concorrer a todos os lugares", começou por explicar João Costa, acrescentando que, depois, "à medida que surgem vagas nas escolas, as vagas abrem e as pessoas podem concorrer" se assim o desejarem.

A tutela quer acabar com os concursos que se realizam de quatro em quatro anos aos quais estavam obrigados a concorrer todos os professores de Quadro de Zona Pedagógica (QZP) e assim "interromper este processo de deslocalizar professores que estão felizes num lugar".

+ notícias: País

Autoridade Tributária alerta para mensagens fraudulentas

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou para mensagens de correio eletrónico de cariz fraudulento e que se assumem como sendo provenientes deste organismo.

Redes sociais são "tábua de salvação" para pessoas com problemas psicológicos sem recursos

O psiquiatra João Carlos Melo considera que as redes sociais são uma "tábua de salvação" para pessoas com ansiedade e depressão sem resposta no setor público, nem dinheiro para consultas privadas, encontrando na internet estratégias para estes problemas.

FC Porto vai ter jogo difícil frente a Belenenses moralizado afirma Paulo Fonseca

O treinador do FC Porto, Paulo Fonseca, disse hoje que espera um jogo difícil em casa do Belenenses, para a 9.ª jornada da Liga de futebol, dado que clube "vem de uma série de resultados positivos".