Metro do Porto: Nova Oficina para manutenção de carruagens nasce em Vila d'Este

Metro do Porto: Nova Oficina para manutenção de carruagens nasce em Vila d'Este
| Norte
Porto Canal

Tiago Braga, Presidente do Conselho de Administração da Metro do Porto, e Nuno Aleluia, Diretor de operações da empresa, garantiram, em entrevista ao Porto Canal, que está a ser instalado um novo Parque de Material e Oficinas (PMO) em Vilar de Andorinho, Vila Nova de Gaia. A infraestrutura é um importante reforço para as novas carruagens que vão chegar, provenientes da China. 

O novo espaço terá capacidade para receber até 32 veículos em manutenção, garantiram os responsáveis, não adiantando, no entanto, se o espaço funcionará em coordenação com a CP (Comboios de Portugal), à semelhança do PMO já existente em Guifões. 

Assim, a infraestrutura que está a nascer, no âmbito da extensão da linha Amarela (D) do Metro do Porto para Vila d'Este, em Vila Nova de Gaia, servirá "para aumentar a capacidade e aumentar a eficiência, nomeadamente energética, melhorarando o indicador de kms em vazio, estando previsto funcionar para aparcamento do material circulante das linhas Rosa, Rubi e Amarela".

O PMO, atualmente em construção, ficará situado entre as futuras estações do Hospital Santos Silva e Vila d'Este, parte da extensão que também inclui a estação Manuel Leão, à qual o metro chegará vindo da atual estação de Santo Ovídio, através de um viaduto. 

A empresa assegurou ainda que "não" sairá das atuais instalações no concelho de Matosinhos, e que "o Parque de Material e Oficinas de Vilar de Andorinho será complementar ao que existe em Guifões".

As obras de prolongamento da Linha Amarela (em Vila Nova de Gaia) e a construção da Linha Rosa (no Porto, entre São Bento e Casa da Música) representam no total um acréscimo de seis quilómetros e sete estações à rede de metro do Porto e um investimento total superior a 400 milhões de euros.

De recordar que a metro do Porto adquiriu 18 novas composições, que foram compradas à empresa chinesa China Railway Rolling Stock Corp. Cada carruagem tem capacidade para 334 passageiros e atinge 80km/h.

+ notícias: Norte

Escolhem o Porto para trabalhar. Há quatro mil nómadas digitais na Invicta

Um computador portátil e bom acesso à internet bastam para que os nómadas digitais se instalem em qualquer parte do mundo. Contudo, a boa reputação da cidade a nível internacional, o bom tempo e o custo de vida acessível têm servido de chamariz para várias pessoas que trabalham remotamente.

“Ligação Braga-Guimarães caminha a passos largos para ser o aeroporto de Lisboa do Norte”, afirma Ricardo Rio

O Presidente da Câmara de Braga foi, esta quinta-feira, convidado da Manhã Informativa do Porto Canal.

Siaco declarada insolvente. Trabalhadores passam a ter direito a fundo de desemprego

A fábrica Siaco, produtora de calçado, em São João da Madeira, que fechou portas esta segunda-feira e deixou mais de uma centena de trabalhadores sem emprego, já foi declarada insolvente pelo Tribunal de Oliveira de Azeméis.