Sede da nova direção do SNS no Porto

Sede da nova direção do SNS no Porto
| Norte
Porto Canal

Tal como avançou o Porto Canal na passada quinta-feira, Manuel Pizarro confirmou esta manhã, em conferência no Ministério da Saúde, que a sede da nova direção do SNS será na cidade do Porto.

"O novo Estatuto ficará localizado na cidade do Porto", adiantou Manuel Pizarro.

O ministro da Saúde rejeitou também qualquer “sobreposição” de funções entre a direção executiva e as Administrações Regionais de Saúde.

Uma das primeiras medidas tomadas pelo novo CEO do SNS, que, contudo, só entrará em funções no próximo dia 1 de janeiro de 2023, foi a de propor que a sede da Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde fosse localizada no Porto, algo que foi aceite pelo Governo. 

Este foi um cenário partilhado por Manuel Pizarro, desde a primeira hora, como o Porto Canal já havia dado conta no dia 14 de setembro e, posteriormente, no dia 19, deste mês. Pizarro salientou que o Governo é "descentralizador", e que a nova direção não tem de ficar em Lisboa. A cidade invicta é, assim, o novo destino do SNS. 

Uma das possibilidades pensadas foi o antigo edifício da Direcção de Recrutamento Militar, segundo o jornal Público. Situado na zona da Boavista, na Avenida de França, junto à estação do metro da Casa da Música, o edifício encontra-se devoluto há já algum tempo e chegou a ser propriedade do Ministério da Defesa Nacional.

Este anúncio foi feito no dia em que foi publicado no Diário da República o diploma do Governo que regulamenta a direção executiva, a nova entidade prevista no novo Estatuto do SNS promulgado pelo Presidente da República no início de agosto.

A direção executiva do SNS, que entra em funções a 01 de outubro, vai coordenar toda a resposta assistencial do SNS, assegurando o seu funcionamento em rede, e passa a gerir também a rede nacional de cuidados continuados integrados e da rede de cuidados paliativos, até agora da responsabilidade das administrações regionais de saúde.

+ notícias: Norte

Presidente da CCDR-N garante que as obras de eletrificação da Linha do Douro vão avançar

O Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, António Cunha, garantiu na manhã desta segunda-feira que as obras de eletrificação da Linha do Douro vão avançar, apesar de todos os atrasos. "É um processo que está planeado, sofreu atrasos, mas as diferentes obras estão a decorrer", disse António Cunha.

 

Bragança disponibiliza aos turistas áudio guias sobre pontos de interesse

O município de Bragança disponibiliza aos turistas nova informação através de áudio guias expositores em várias línguas para assinalar o Dia Mundial do Turismo, que se comemora na terça-feira, divulgou esta segunda-feira a autarquia.

Universidade de Coimbra e empresa criam sistema contra propagação de infeções

Uma equipa de investigadores da Universidade de Coimbra (UC) e uma empresa de Setúbal desenvolveram um novo sistema de desinfeção que pode ajudar a combater a propagação de infeções.