Mais 40.134 casos de Covid-19 e mais 22 mortes nas últimas 24h em Portugal

Mais 40.134 casos de Covid-19 e mais 22 mortes nas últimas 24h em Portugal
| País
Porto Canal com Lusa

Portugal registou 40.134 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2, mais 22 mortes associadas à covid-19 e um aumento nos internamentos em enfermaria, segundo dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O número de infeções diárias está hoje, pelo segundo dia consecutivo, acima dos 40.000 casos, depois de na quarta-feira ter atingido 40.945, o máximo desde o início da pandemia.

Segundo o relatório diário da situação epidemiológica divulgado pela DGS, estão agora 1.699 doentes internados em enfermaria, mais 64 do que na quarta-feira, e 162 em Unidades de Cuidados Intensivos, menos cinco nas últimas 24 horas.

Os casos ativos voltaram a aumentar nas últimas 24 horas, totalizando 286.965, mais 10.071 do que na quarta-feira, e recuperaram da doença 30.041 pessoas, o que aumenta o total nacional de recuperados para 1.468.309.

Das 22 mortes, 12 ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, seis no Norte, três na região Centro e uma nos Açores.

+ notícias: País

Governo e sindicatos da função pública discutem esta terça-feira carreiras não revistas

O Governo reúne-se esta terça-feira com as estruturas sindicais da administração pública, em Lisboa, para debater o caderno negocial para 2023, tendo como temas a revisão de carreiras não revistas e o sistema de avaliação de desempenho.

Senhorios dispensados de recibos eletrónicos têm de declarar valor das rendas até esta terça-feira

Os senhorios que não estão obrigados a emitir recibos eletrónicos de renda têm até esta terça-feira para entregar a declaração anual com o valor que receberam em 2022, sendo que desta vez têm obrigatoriamente de a submeter pela Internet.

Campanha “Viajar sem pressa” arranca esta terça-feira

A campanha "Viajar sem pressa", inserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2023, começa esta terça-feira. A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, a Guarda Nacional Republicana e a Polícia de Segurança Pública vão estar em várias zonas do país.