Covid-19: Alemanha ultrapassa cinco mil novos casos diagnosticados num só dia. Já é o quarto país com mais casos do mundo

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Berlim, 10 abr 2020 (Lusa) -- A Alemanha, quarto país com mais casos do mundo, regista 113.525 infetados com covid-19, um aumento de 5.323 em apenas um dia, de acordo com os números avançados pelo Instituto Robert Koch (RKI).

Pelo segundo dia consecutivo, o país volta a atingir o maior aumento de vítimas mortais, um crescimento de 266 em relação ao dia anterior, totalizando agora 2.373.

A entidade responsável pela prevenção e controlo de doenças revela ainda que, dos casos de infeção, 53.913 são considerados curados, mais 3.987 do que na véspera.

A Baviera, maior região da Alemanha e a mais afetada, supera agora os 30 mil casos (30.363) e as 700 vítimas mortais (703).

A chanceler Angela Merkel voltou a pedir paciência aos alemães durante uma conferência de imprensa na quinta-feira e frisou que a situação continua "frágil" e que é necessário "conviver ainda algum tempo com o vírus", numa referência à duração das medidas de distanciamento social e de higiene.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 94 mil.

Dos casos de infeção, mais de 316 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com mais de 811 mil infetados e mais de 65 mil mortos, é aquele onde se regista o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, contabilizando 18.279 óbitos em 143.626 casos confirmados até hoje.

Os Estados Unidos são o segundo país com maior número de mortes, registando 15.938 mortos, e aquele que contabiliza mais infetados (451.491), enquanto ao Espanha tem 15.238 óbitos, entre 152.446 casos de infeção confirmados até hoje.

 

JYD // NFO

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Vários mortos em ataque a Sinagoga em Jerusalém

Pelo menos sete pessoas morreram depois de, na tarde desta sexta-feira, um homem ter atacado uma sinagoga em Jerusalém.

Frio no Afeganistão faz 158 mortos

O número de mortos devido às inundações repentinas e à pior onda de frio em décadas no Afeganistão, que atingiu o país nas últimas duas semanas, subiu para 158, avançaram à EFE as autoridades talibãs.

Santuário de Fátima em Paris. Detido suspeito de ataques a igreja da comunidade portuguesa

Um homem ucraniano, de 47 anos, foi detido pela polícia francesa após ataques a três igrejas em Paris, incluindo o Santuário de Nossa Senhora de Fátima, dedicado à comunidade portuguesa, que causaram "emoção" e "surpresa" entre os fiéis.