Covid-19: Ministra espanhola Carolina Darias recuperada após um mês em isolamento

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Madrid, 10 abr 2020 (Lusa) - A ministra da Política Territorial e Função Pública no Governo de Espanha, Carolina Darias, anunciou hoje estar recuperada da infeção pelo novo coronavírus, após um mês de isolamento.

O anúncio foi feito pela ministra na sua conta da rede social Twitter, através de uma mensagem em que refere: "Agora sim, depois de 30 dias venci a covid-19" e agradece a todos os que de alguma forma acompanharam "nesta jornada".

Citada pela agência Efe a ministra garante que, embora estivesse isolada, nunca se sentiu sozinha e conclui desejando "força e esperança" a todos os que continuam a lutar contra o vírus.

Darias testou positivo para o novo coronavirus no dia 12 de março, depois de se saber que a titular da pasta da Igualdade, Irene Montero, também estava infetada.

Posteriormente, a 25 de março, a primeira vice-presidente, Carmen Calvo, também testou positivo, tornando-se o terceiro membro do Governo afetada pela pandemia.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 94 mil.

Dos casos de infeção, mais de 316 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 94 mil.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com mais de 811 mil infetados e mais de 65 mil mortos, é aquele onde se regista o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, contabilizando 18.279 óbitos em 143.626 casos confirmados até hoje.

Além de Itália, Estados Unidos e Espanha, os países mais afetados são França, com 12.210 mortos (112.950 casos), Reino Unido, 7.978 mortos (65.077 casos), Irão, com 3.603 mortos (58.226 casos), China, com 3.335 mortos (81.865 casos), e Alemanha, com 2.107 mortes (108.202 casos).

DA // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Mais de 3800 vítimas mortais no terramoto que abalou a Turquia e a Síria

Pelo menos 3800 mortos e milhares de pessoas ficaram feridas na sequência do sismo que abalou o sul da Turquia e o norte da Síria. Segundo o balanço mais recente o jornal ‘The Guardian’, na Turquia já morreram pelo menos 2379 pessoas e 1200 na Síria.

Política “zero covid” afetou a influência da China na Ásia

A China perdeu influência na Ásia, em 2022, devido ao isolamento a que se submeteu no âmbito da política ‘zero covid’, embora tenha aumentado a sua capacidade militar.

O balão que sobrevoou a América Latina é de origem chinesa

O governo chinês disse esta segunda-feira que o balão avistado sobre a América Latina, e designado pelos Estados Unidos como um dispositivo de “vigilância”, tem origem na China, mas que é de “natureza civil”.