Covid-19: Oliveira do Bairro compra mil testes para despistagem em grupos vulneráveis

| País
Porto Canal com Lusa

Oliveira do Bairro, Aveiro, 01 abr 2020 (Lusa) - O município de Oliveira do Bairro comprou mil testes de deteção da covid-19, produzidos na Alemanha e aprovados pelo Infarmed, para despiste da infeção nos grupos mais vulneráveis da população do concelho, foi hoje anunciado.

"A realização de testes à covid-19 é, nesta fase, a melhor forma de prevenção para a população mais vulnerável, idosos institucionalizados e seus cuidadores e profissionais que prestam serviços essenciais à população, sejam do município ou de outras entidades", justifica o presidente da autarquia bairradina, Duarte Novo.

O objetivo é "detetar o mais rapidamente possível pessoas infetadas, em complementaridade com a Direção-Geral da Saúde, para que depois as entidades competentes possam agir em conformidade, isolando-as e fazendo o devido prognóstico médico e entrevista epidemiológica, para decidir quais os cuidados de saúde para cada caso e perceber que pessoas estiveram em contacto com o infetado, de forma a quebrar as cadeias de transmissão do vírus".

A autarquia não revela o valor do investimento na aquisição dos testes, mas adianta que são produzidos na Alemanha, aprovados pelo Infarmed, e que detêm uma sensibilidade de 94.1% e uma especificidade de 99.2%.

"Estamos a fazer tudo o que nos é possível, em todas as áreas de atuação da autarquia, de forma a preservar a vida dos mais vulneráveis e da restante população do concelho", garante o centrista Duarte Novo.

Desde a declaração do estado de emergência, Oliveira do Bairro publica no Facebook um relatório diário sobre evolução da pandemia no concelho, que engloba também valores nacionais.

Tem em curso também um "programa de apoio social excecional e temporário", no âmbito das medidas relativas à situação epidemiológica da covid-19, que passa pelo apoio psicológico, apoio jurídico e apoio na recolha e entrega de compras e bens essenciais no supermercado, medicamentos e outros produtos de primeira necessidade.

Declarou ainda oficialmente "situação de alerta" na área do concelho, criou um Grupo de Crise e ativou o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil.

Mantém ainda abertos quatro estabelecimentos de ensino, um por freguesia, "para acolher alunos filhos, ou outros dependentes a cargo, de profissionais de saúde, das forças e serviços de segurança e de socorro, incluindo os bombeiros voluntários, e das forças armadas, os trabalhadores dos serviços públicos essenciais, de gestão e manutenção de infraestruturas essenciais, bem como outros serviços essenciais".

Ainda no âmbito social, a autarquia mantém em funcionamento o seu Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes, com atendimento preferencial por telefone e 'e-mail'.

RBF // SSS

Lusa/Fim

+ notícias: País

Mais de 200.000 eleitores podem já votar este domingo 

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, é um dos mais de 200 mil eleitores que se inscreveram para o voto antecipado, este domingo, uma semana antes do dia das legislativas.

Segundo satélite português lançado para o espaço esta segunda-feira

O segundo satélite português vai ser lançado para o espaço na segunda-feira, a partir dos Estados Unidos, para observar os oceanos durante três anos.

Marcelo vota antecipadamente e pede que se pondere voto eletrónico

O Presidente da República apelou aos portugueses para que votem este domingo e no dia 10, evitando a tendência de aumento de abstenção que se verifica noutros países, e pediu que se ponderasse sobre o voto eletrónico.