Covid-19: Hospitais de Coimbra criam linha de apoio emocional para pediatria

| País
Porto Canal com Lusa

Coimbra, 01 abr 2020 (Lusa) - O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) ativou hoje uma linha de apoio emocional pediátrica destinada aos filhos dos seus profissionais de saúde e à população pediátrica da Região Centro, na sequência da pandemia da covid-19.

A linha telefónica de apoio está disponível através do número de telemóvel 967070130, de segunda a sexta-feira, entre as 13:00 e as 17:00, informou o CHUC, em comunicado enviado à agência Lusa.

"No contexto da pandemia da covid-19, torna-se fundamental implementar estratégias de suporte não só à população adulta, como também à população infantojuvenil", salienta a estrutura hospitalar.

O Serviço de Pedopsiquiatria do CHUC esclarece que a linha tem como finalidade "disponibilizar uma intervenção de suporte, levada a cabo pelas equipas de psicologia, enfermagem e pedopsiquiatria, responsáveis pelo atendimento e orientação através de suporte emocional".

"O objetivo consubstancia-se na intervenção nos problemas emocionais dos filhos dos profissionais de saúde do CHUC e da população pediátrica da região centro ou dos cuidadores no desempenho deste papel", lê-se no comunicado.

Há cerca de duas semanas que o CHUC tem disponíveis linhas telefónicas de atendimento para "Apoio Psico-Emocional" à população adulta, asseguradas através de um grupo de profissionais constituído por psicólogos da Unidade de Psicologia e psiquiatras do Centro de Responsabilidade Integrado de Psiquiatria.

Trata-se de equipas "que, otimizando recursos, se propuseram dar apoio psicoemocional de suporte aos profissionais do CHUC, através de uma linha dedicada, e aos doentes com covid-19 e seus familiares, pessoas em vigilância e à população em geral, através de uma linha disponível diariamente entre as 09:00 e as 23:00, através do contacto de telemóvel 969 325 220.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou perto de 866 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 43 mil.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 187 mortes, mais 27 do que na véspera (+16,9%), e 8.251 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 808 em relação a terça-feira (+10,9%).

Dos infetados, 726 estão internados, 230 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram.

AMV // SSS

Lusa/fim

+ notícias: País

Mais de 200.000 eleitores podem já votar este domingo 

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, é um dos mais de 200 mil eleitores que se inscreveram para o voto antecipado, este domingo, uma semana antes do dia das legislativas.

Segundo satélite português lançado para o espaço esta segunda-feira

O segundo satélite português vai ser lançado para o espaço na segunda-feira, a partir dos Estados Unidos, para observar os oceanos durante três anos.

Marcelo vota antecipadamente e pede que se pondere voto eletrónico

O Presidente da República apelou aos portugueses para que votem este domingo e no dia 10, evitando a tendência de aumento de abstenção que se verifica noutros países, e pediu que se ponderasse sobre o voto eletrónico.