Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Estrada Nacional 2 cortada devido a incêndio florestal de grandes proporções em Chaves

Estrada Nacional 2 cortada devido a incêndio florestal de grandes proporções em Chaves
| Norte
Porto Canal com lusa

A Estrada Nacional (EN) 2, que liga Vidago e Sabrosa, está cortada nos dois sentidos devido a um incêndio florestal de grandes proporções que está a deflagrar desde as 14h14 desta quarta-feira, em Oura, Chaves, apurou o Porto Canal com fonte da Proteção Civil.

Atualizado 02-08-2017 18:11

O Porto Canal sabe que o incêndio se encontra com duas frentes ativas, uma entre Vila Verde e Vila do Conde e outra perto de Sabrosa.

O incêndio que deflagrou perto da aldeia de Oura, no concelho de Chaves, e propagou-se para o concelho de Vila Pouca de Aguiar, tendo chegado à aldeia de Vila do Conde, onde rodeou algumas casas.

Sete meios aéreos, quatro deles pesados, atuaram junto a esta aldeia, ajudando a controlar a situação nesta frente.

O local do incêndio é composto por pinhal e mato e de declive acentuado, mas fonte da Proteção Civil referiu à agência Lusa que o combate está a evoluir favoravelmente.

No local estão já 286 operacionais com 79 viaturas e ainda 12 meios aéreos.

+ notícias: Norte

Autarca de Santa Comba Dão garante que não vai faltar água no concelho

O autarca de Santa Comba Dão garante que a mega operação de transporte de água da Aguieira para Fagilde não vai afetar o concelho, ja que o abastecimento é garantido pelas águas do planalto beirão. O autarca afirma ainda que mesmo que afetasse, todos teriam de ser solidários com os municipios que estão a enfrentar graves problemas de seca.

Sede do Infarmed mudada para o Porto

A sede da autoridade nacional do medicamento (Infarmed) vai ser mudada de Lisboa para o Porto, anunciou hoje o ministro da Saúde.

Ajustes diretos na Universidade do Minho investigados pela Inspeção-Geral da Educação e Ciência

A Universidade do Minho está a ser investigada por alegados ajustes diretos a professores. Em causa estará a aquisição de bens e serviços, sem concurso, a empresas detidas por docentes ou ex-docentes da instituição. A Inspeção-Geral da Educação e Ciência remeteu o caso para o Ministério Público.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS