Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Dominado fogo no parque Peneda Gerês

Dominado fogo no parque Peneda Gerês
| Norte
Porto Canal com Lusa

O incêndio que reacendeu cerca das 06:52 no concelho de Ponte da Barca, em zona do Parque Nacional Peneda Gerês (PNPG) foi dominado às 11:27, após a intervenção de um meio aéreo, disse à Lusa fonte da proteção civil.

Segundo a fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo permanecem no terreno 39 operacionais apoiados por 13 viaturas.

Aquele incêndio entrou em fase de rescaldo na quinta-feira às 20:49 e reacendeu cerca das 06:52 de hoje.

Na altura, contactado pela agência Lusa, o adjunto do comando dos bombeiros voluntários de Ponte da Barca, Jorge Gonçalves, que é responsável pelas operações no terreno, referiu que "uma frente ativa, na freguesia de Ermida".

"As chamas lavram numa zona de escarpa, não acessível ao combate terrestre. Só os meios aéreos é que podem operar naquela zona", frisou aquele responsável.

O incêndio deflagrou no lugar de Lourido, freguesia de Entre Ambos-os-Rios, naquele concelho do distrito de Viana do Castelo.

Na quinta-feira, as chamas chegaram a ter três frentes ativas "viradas às povoações de Ermida, Germil e Sobredo", todas na área do PNPG.

+ notícias: Norte

Avarias na rede fixa deixam aldeia de Vila Pouca de Aguiar isolada

Os habitantes da aldeia Ribeirinha, em Vila Pouca de Aguiar, não têm cobertura de rede móvel e internet. As avarias na rede fixa são também frequentes e a população sente-se desprotegida, principalmente em situações de emergência.

Infestação de moscas obrigou ao encerramento do bloco pediátrico do São João

Uma infestação de moscas obrigou hoje ao encerramento do bloco cirúrgico pediátrico do Hospital de São João, no Porto, o que, segundo o presidente desta unidade hospitalar, é “uma prova inequívoca das condições degradantes da assistência”.

Câmara de Vila Real ameaça fechar contas na Caixa Geral de Depósitos se balcão da cidade encerrar

O presidente da camara de Vila Real ameaça transferir as contas da autarquia para outros bancos caso a Caixa Geral de Depósitos feche um dos balcões da cidade no final do mês como está previsto. O autarca justifica a atitude como uma tomada de posição pela forma como a instituição está a gerir o processo de encerramento de balcões sem dialogo com as autarquias e prejudicando o interior do país.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.