Info

Parlamento aprova reposição faseada em 2016 da totalidade dos cortes salariais no sector público

Parlamento aprova reposição faseada em 2016 da totalidade dos cortes salariais no sector público
| Política
Porto Canal

PS, Bloco de Esquerda, PCP, "Os Verdes" e PAN aprovaram hoje, no parlamento, em votação final global, a reposição faseada da totalidade dos cortes salariais no setor público até ao início do quarto trimestre de 2016.

Após um curto debate em plenário, mas marcado por elevada tensão entre esquerda e direita parlamentar, PSD e CDS-PP votaram contra (tanto na generalidade, como na especialidade e em votação final global) o diploma dos socialistas para a reposição dos cortes salariais ao longo de 2016

Na mesma série de votações neste ponto da ordem de trabalhos, PSD, PS e CDS chumbaram um diploma alternativo apresentado pelo PCP, que previa a reposição integral dos cortes salariais no mês seguinte à aprovação do Orçamento do Estado para 2016 - diploma que teve o apoio de "Os Verdes", mas que registou as abstenções do Bloco de Esquerda e PAN (Pessoas Animais e Natureza).

+ notícias: Política

Ministro Eduardo Cabrita demite-se

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, demitiu-se hoje, na sequência da acusação de homicídio por negligência do Ministério Público ao seu motorista pelo atropelamento mortal de um trabalhador da autoestrada A6, em junho deste ano.

Militantes de Gaia desafiam PSD/Porto a "retratar-se de rutura" com as bases

O Movimento Reativar Gaia, de militantes daquela concelhia do PSD, quer que a distrital social-democrata do Porto "se retrate da rutura existente entre a estrutura e os seus militantes" e está a preparar uma "estratégia operativa" para as legislativas.

Governo aprova subida do salário mínimo para 705 euros a partir de janeiro

O Governo aprovou hoje a subida do salário mínimo para 705 euros a partir de 01 de janeiro, bem como os apoios às empresas para estes aumentos, adiantou o executivo, no final do Conselho de Ministros.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS