Marcelo diz ser estranha e insólita exigência de PR sobre sistema financeiro

| Política
Porto Canal com Lusa

O candidato presidencial Marcelo Rebelo de Sousa considerou hoje "estranha e insólita" a exigência do Presidente da República ao PS relativa ao sistema financeiro, criticando o facto de levantar dúvidas sobre a estabilidade do mesmo.

"Parece-me bem a exigência de que a base de apoio garanta a confiança ao Governo, parece-me bem a garantia da aprovação do primeiro orçamento, parece-me estranha a exigência relativa ao sistema financeiro, falando da situação e do equilíbrio do sistema financeiro. Deixa dúvidas sobre se o sistema financeiro está neste momento em crise, que não está", disse Marcelo de Rebelo de Sousa aos jornalistas, em Lisboa.

O candidato respondia a questões sobre o pedido do Presidente da República para que o líder socialista, António Costa, desenvolva "esforços tendo em vista apresentar uma solução governativa estável, duradoura e credível" e a clarificar questões que considera omissas nos acordos subscritos pela esquerda parlamentar.

Na opinião do candidato a Belém e ex-líder do PSD, "o Presidente da República deve ser a última instituição a levantar a questão da necessidade do equilíbrio do sistema financeiro", considerando "uma coisa insólita" o facto de se levantar esse tema.

+ notícias: Política

Conta do Chega no Facebook bloqueada durante 10 anos

O partido Chega vai ter a sua conta oficial no Facebook “restringida” durante 10 anos, ação motivada pelo desrespeito pelos padrões de comunidade, informação confirmada por um comunicado do partido a qual o Porto Canal teve acesso. André Ventura já reagiu a esta sanção, acusando a plataforma de “censura política” e revelando que vai levar o caso à justiça.

Montenegro em Madrid na segunda-feira para fortalecer relação com Espanha

A visita do primeiro-ministro a Madrid, na segunda-feira, traduz a importância que dá à relação entre Portugal e Espanha e visa "fortalecer a posição dos dois países" na União Europeia, disse o gabinete de Luís Montenegro.

PSD: Montenegro eleito novo presidente com 73% dos votos

O social-democrata Luís Montenegro foi hoje eleito 19.º presidente do PSD com 73% dos votos, vencendo as eleições diretas a Jorge Moreira de Silva, que alcançou apenas 27%, segundo os resultados provisórios anunciados pelo partido.