Vara detido após buscas na sede da CGD, no escritório e em casa

Vara detido após buscas na sede da CGD, no escritório e em casa
| País
Porto Canal

As buscas realizadas hoje no âmbito da Operação Marquês, que levaram à detenção para interrogatório do ex-ministro Armando Vara, ocorreram na sede da Caixa Geral de Depósitos, na residência e nos escritórios deste, segundo fonte ligada ao processo.

A mesma fonte adiantou à agência Lusa que as buscas decorreram entre as 11:00 e as 19:00 na sede da Caixa Geral de Depósitos (CGD), em Lisboa, na residência em Cascais e nos escritórios do ex-governante.

Armando Vara foi detido no âmbito da Operação Marquês, numa ação dirigida por um magistrado do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) que envolveu várias equipas deste departamento.

O ex-ministro Armando Vara vai ser ouvido, na sexta-feira, no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), em Lisboa, no âmbito da Operação Marquês, por suspeita de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais, segundo uma nota da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Além de ministro e secretário de Estado, Armando Vara desempenhou também os cargos de administrador da CGD e do Millennium BCP.

+ notícias: País

Euromilhões. Segundo prémio a caminho de Portugal

Há um apostador sortudo em Portugal que acertou cinco números e uma estrela no Euromilhões, garantindo assim o segundo prémio, que ascende a 250 mil euros, segundo a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Ameaça ligada à extrema-direita em Portugal aumentou em 2023 

Portugal registou em 2023 um agravamento da ameaça ligada aos extremismos políticos, sobretudo de extrema-direita, com a retoma da atividade de organizações neonazis e identitárias, indica o Relatório Anual de Segurança Interna (RASI).

Terça-feira de sorte grande? Confira a chave do Euromilhões

Já são conhecidos os números e as estrelas que compõem a combinação vencedora do sorteio do Euromilhões desta terça-feira.