Carlos Guimarães Pinto afasta candidatura à Câmara do Porto

| Porto
Porto Canal

“Pelo respeito que tenho pela cidade do Porto nunca me candidataria a um cargo desses, sabendo que não tenho o conhecimento necessário para o exercer bem”. Carlos Guimarães Pinto é peremptório a afastar os rumores que se intensificaram ao longo das últimas semanas e que o colocaram como o principal candidato da Iniciativa Liberal (IL) à Câmara Municipal do Porto nas autárquicas de 2025. O antigo líder dos liberais contou ao Porto Canal que apesar de adorar a cidade (onde se formou em Economia), um lugar à frente da autarquia portuense nunca esteve nos seus planos.

“Não soube desta decisão até me falarem sobre ela. Nunca me contactaram nesse sentido, nunca me sondaram. E honestamente, eu adoro a cidade do Porto, como toda a gente sabe, tenho uma ligação à cidade do Porto. Mas nunca vivi no Porto, não cresci na cidade, não tenho aquele conhecimento micro dos bairros, das freguesias, que acho que é bastante importante num presidente de Câmara. Pelo respeito que tenho pela cidade nunca me candidataria a um cargo desses sabendo que não tenho o conhecimento necessário para o exercer bem”, conta o deputado eleito em 2022.

Questionado sobre uma eventual candidatura a uma autarquia que não a atualmente liderada por Rui Moreira, Carlos Guimarães Pinto confessa que a sua participação nas eleições de 2025 “é algo bastante improvável, até porque o meu mandato de deputado, a não ser que aconteça alguma coisa, ainda estará a decorrer”.

Nascido em Espinho, o deputado da IL admite que “se um dia me virar para a política autárquica, o único concelho de que de facto tenho algum conhecimento desse tipo seria Espinho mas não está no meu horizonte temporal neste momento.”

Questionado sobre as opções do partido para a cidade portuense, Carlos Guimarães Pinto não se compromete com um nome, afirmando que o partido tem a "sorte de ter quatro excelentes deputados municipais com um conhecimento profundo da cidade, com uma ligação muito forte à mesma”. Para o economista, “o próprio vereador que faz parte da Iniciativa Liberal [Ricardo Valente], e que ainda está na Câmara Municipal do Porto neste momento, também poderia dar um excelente candidato”.

“Deixo isto para as pessoas do núcleo do Porto, temos muitas boas pessoas no Porto, com bom conhecimento daquilo que é a cidade e que dariam excelentes candidatos”, acrescenta.

Eleições de 2025 ainda distantes... mas já com as peças a posicionarem-se no tabuleiro

As eleições autárquicas poderão ser apenas em 2025 mas, tal como o Porto Canal noticiou, a limitação de mandatos de Rui Moreira obrigou o movimento a que deu origem a reinventar-se. Os independentes, agora comandados pelo ‘vice’ e provável candidato Filipe Araújo, já começaram a fazer contas e a aquecer os motores, tendo em vista o futuro político da cidade.

Prova disso foi o jantar que teve lugar no final do mês de setembro, onde a associação "Porto, o Nosso Movimento" celebrou os 10 anos da governação de Rui Moreira. Rui Rocha, presidente da Iniciativa Liberal (partido que apoiou a candidatura de Moreira em 2021), Ricardo Valente (que apesar de continuar como vereador abandonou o movimento alegando falta de apoio), e Fernando Paulo (vereador que também deixou a associação, lançando duras críticas à liderança de Filipe Araújo), foram três dos grandes ausentes.

Porto Canal

Moreira marcou presença e foi o mais ovacionado da noite, recusando a ideia de que, com o término do seu mandato na Câmara Municipal do Porto, a Associação “Porto, O Nosso Movimento” tivesse os dias contados, tendo mesmo garantido que nos últimos dez anos “sempre existiram outros protagonistas”.

Filipe Araújo, em declarações ao Porto Canal, ressalvou que “há muita gente capaz” no movimento para suceder a Moreira, negando também uma rutura com a Iniciativa Liberal.

Ricardo Valente disponível para liderar candidatura da IL ao Porto

Em agosto deste ano o Jornal de Notícias dava nota da disponibilidade de Ricardo Valente para liderar a candidatura da Iniciativa Liberal à autarquia. O vereador com o pelouro das Finanças, Atividades Económicas e Fiscalização e com o pelouro da Economia, Emprego e Empreendedorismo ingressou no partido em novembro de 2022 depois de ter abandonado a associação cívica.

Albino Ramos, líder do núcleo da IL no Porto, avançou ao JN que “a IL vai apresentar uma candidatura com o programa do partido” reforçando que “vai ser um candidato da IL”.

Valente viria a corroborar as palavras de Albino Ramos, afirmando que “a IL vai ter um papel importante na cidade”, remetendo o tema da escolha do candidato para mais tarde. “Quando for aprovado o Orçamento para 2025 será a altura de os partidos discutirem o futuro do Porto”, apontou o liberal.

+ notícias: Porto

Restaurante Antiqvvm no Porto ganha segunda estrela Michelin

O restaurante Antiqvvum no Porto ganhou este terça-feira a segunda estrela do guia Michelin, enquanto quatro estabelecimentos conquistaram uma estrela, anunciou a publicação, numa cerimónia exclusivamente dedicada a Portugal, em Albufeira.

Câmara do Porto volta a lançar concurso para reabilitação do Jardim da Cordoaria

A Go Porto publicou esta terça-feira o concurso público para a empreitada de reabilitação do Jardim da Cordoaria, no Porto, pelo valor de 528 mil euros. Esta obra já tinha sido alvo de um concurso publicado em março do ano passado.

“O centralismo é evidente. Não há forma de esconder”. Portugueses querem a regionalização

Seja no que diz respeito ao aproveitamento de fundos europeus ou na ideia de uma maior autonomia, a maioria dos portugueses parece estar a favor da regionalização, como mostra uma sondagem da associação SEDES e a auscultação de alguns portuenses pelo Porto Canal.