TAP. Estado tem de manter posição de “reserva estratégica pública” na companhia aérea

TAP. Estado tem de manter posição de “reserva estratégica pública” na companhia aérea
| País
Porto Canal / Agências

O primeiro-ministro afirmou esta quarta-feira que o Estado terá de manter uma posição de “reserva estratégica pública” na TAP quando esta for privatizada, admitindo que esta poderá ser maior ou menor dependendo “do sócio”.

No debate sobre política geral no parlamento, António Costa foi acusado pelo PSD de ter mudado a sua posição “em 180 graus” sobre a transportadora aérea e de querer agora reprivatizar a companhia.

Na resposta, o primeiro-ministro negou qualquer mudança de posição e assegurou que o Estado sempre teve a intenção de reprivatizar a companhia.

"A TAP será aquilo que deve ser", frisou, clarificando que o Estado irá "manter uma reserva estratégica pública”, sendo a empresa reprivatizada “na medida do estritamente necessário”.

O primeiro-ministro defendeu que o Estado deve ter uma posição na transportadora aérea “não para gerir a TAP no dia-a-dia, mas para assegurar os objetivos estratégicos para o país”.

“Assegurar a continuidade territorial com as Regiões Autónomas, a nossa relação com a diáspora e que Portugal se mantém como ‘hub’ estratégico para a América do Sul, Brasil e preferencialmente para a América do Norte”, enumerou.

Para tal, defendeu, “é fundamental o Estado estar no capital da TAP”. “Se temos de estar menos ou se temos de estar mais, isso depende de quem for o outro sócio”, acrescentou.

+ notícias: País

Número de desempregados sobe 6% em março

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego caiu 1,9% em março face a fevereiro, mas subiu 6% em termos homólogos, totalizando 324.616, segundo dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Euromilhões. Já são conhecidos os números e estrelas que valem 120 milhões de euros

Já foram revelados os números que compõem a chave do sorteio desta sexta-feira, 031/2024.

FC Porto vai ter jogo difícil frente a Belenenses moralizado afirma Paulo Fonseca

O treinador do FC Porto, Paulo Fonseca, disse hoje que espera um jogo difícil em casa do Belenenses, para a 9.ª jornada da Liga de futebol, dado que clube "vem de uma série de resultados positivos".